Uma Oportunidade Para Realmente Começar A Viver

527.03A concepção espiritual é um sentimento de como desejos, qualidades, intenções, compreensão e definições estão mudando em mim. Todo o mundo interior vira de cabeça para baixo.

Pela primeira vez na minha vida, sinto que sou capaz de me desligar do meu próprio interesse e agir pelo bem dos outros, isto é, separar-me do meu “eu” e fazer o que o Criador quer e o que é necessário para a humanidade.

Essa prontidão em uma pessoa é o início da concepção espiritual. Eu passo do poder do desejo egoísta que pinta este mundo para mim, para o desejo altruísta, e me sinto no mundo do Criador, no poder do grupo. E isso não é uma escravidão forçada, mas meu desejo de me entregar para me libertar dos grilhões do meu egoísmo.

Ainda não sou capaz de realizar uma ação de doação em meu próximo, mas já sinto que essa possibilidade realmente existe. Ou seja, estou saindo do poder do egoísmo para o poder do Criador.

Eu me movo sob o poder de doação, como se fosse de uma sala para outra. A primeira sala era governada pelo egoísmo, que o Criador designou para me controlar. Eu era um escravo do egoísmo, obrigado a cumprir todas as suas exigências.

E agora, eu mudo para outra sala onde reina o desejo de doação, e sinto essa transição. E isso é chamado de concepção espiritual. Gradualmente, no lugar do egoísmo, o desejo de doação entra em mim e muda meus pensamentos, desejos, intenções e ações.

Às vezes, esse desejo de doação desaparece e depois volta. E eu quero puxá-lo à força em minha direção para que não me deixe. E às vezes eu começo a brincar com ele, pesando o que vai pesar mais, o desejo de desfrutar ou o desejo de doar, e estudo essa transição de um poder para outro.

Assim, eu começo a entrar cada vez mais profundamente no estado do embrião espiritual. Isso continua por nove meses de gravidez até que a pessoa nasça no mundo espiritual.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 11/01/21, “ Ibur (Concepção) e Preparação para o Nascimento”

Comente