Os Meios Para Sair Para O Mundo Superior

600.01Pergunta: Há uma pequena carta dirigida a você: “’Você disse repetidamente como uma pessoa é influenciada pelo ambiente e que é a única coisa que nós, adultos e crianças, precisamos. Ele nos constrói, nos dirige, nos corrige. O principal é ter um ambiente bom e correto’. Mas então o que fazemos agora? Durante a pandemia, ficamos praticamente isolados uns dos outros, exceto pela família, é claro. O que me molda agora? Quem me influencia? ”

Resposta: A sociedade, em primeiro lugar.

Pergunta: Onde ela está? Além da minha família, não tenho muito contato.

Resposta: Não, não importa. Estamos em um mundo que está nos influenciando. Está tudo na atmosfera. Essa é a primeira coisa. Em segundo lugar, sou, é claro, influenciado pelo meu ambiente imediato. Minha família. Talvez eu esteja trabalhando. Também estou em todos os tipos de pequenos ambientes, empresas.

Em terceiro lugar, se, digamos que estou falando sobre mim, eu tenho outro círculo, o mais importante para mim, de pessoas que pensam como eu. Nós organizamos um ambiente para nós que nos eleva acima da pandemia, acima deste mundo, acima das coisas que as pessoas comuns veem aqui. Neste ambiente, estamos tentando criar condições para sentir o mundo superior.

Pergunta: Se estamos falando de uma pessoa comum, o que este ambiente oferece a ela?

Resposta: Isso lhe dá uma sensação da eternidade da natureza, a oportunidade de entrar nesse sentimento e existir nele com um foco mais elevado, um propósito.

Pergunta: Isso é necessário para alguma pessoa hoje?

Resposta: Não consigo imaginar o que alguém faria sem isso. Por que viver? Hoje vai passar, amanhã vai passar, de novo e de novo. Mesmo sem futebol! Vai ser ainda pior. Em breve começaremos a sentir o quanto esgotamos a Terra, a nós mesmos, a natureza humana, a sociedade humana, o quanto somos pobres em geral. Com o que posso me preencher pelo menos um pouco?! Por um lado, não há desejo de nada e, por outro, as realizações desaparecem.

Pergunta: Fomos deliberadamente dirigidos hoje para esta caixa – nossa casa?

Resposta: Sim. Esse é um período maravilhoso! O reconhecimento do mal do nosso egoísmo e para onde ele nos levou. Essa é a primeira coisa que deve acontecer. Em segundo lugar, eu começo a procurar um ambiente que esteja engajado apenas em conectar-se uns com os outros para subir ao próximo nível da natureza, para escalá-lo, para me agarrar ao próximo nível da natureza, onde há doação, amor, onde uma pessoa vive não com a ajuda do desejo egoísta, mas altruisticamente.

Isso é o que dará a uma pessoa realização ilimitada. Começaremos a sentir que existimos em um espaço comum que hoje está simplesmente oculto; não o sentimos porque todos os nossos órgãos são egoístas. Então sairemos de nós mesmos e começaremos a sentir a natureza fora de nós.

É como aquele pequeno verme que vive no rabanete e de repente põe a cabeça para fora do rabanete e exclama: “Achei que o mundo inteiro fosse tão amargo quanto esse rabanete! Agora vejo o sol, o ar e os pássaros cantando. Que adorável!”

Pergunta: Onde está o ambiente nesta história do pequeno verme?

Resposta: Isso é exatamente o que permite que o verme saia do rabanete.

Pergunta: Caso contrário, ele teria continuado a viver nele?

Resposta: Sim, claro. Como ainda fazemos hoje.

Comentário: Entendo. Isso significa que precisamos sair do rabanete.

Resposta: Boa sorte!

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 12/07/20

Comente