Coletando Os Pedaços Da Alma Comum

117Pergunta: Está escrito no Livro do Zohar: “Quão bom e quão agradável é que irmãos vivam juntos”. Isso significa ser amigos: que na hora em que se sentam juntos, eles não se separam um do outro.

No início, eles parecem ser pessoas em guerra, querendo matar um ao outro, então, novamente, eles retornam ao amor fraternal. O Criador diz sobre eles: “Quão bom e quão agradável é que irmãos vivam juntos!” Mas, além disso, o próprio Criador está atento às suas falas, e tem prazer e se alegra por eles.

Como pode ser que pessoas que estão dispostas a se matar, no entanto, se juntem e o amor fraternal surja entre elas?

Resposta: Isso é realmente incrível, porque viemos de uma única alma. Este sistema foi criado como um desejo comum, um único organismo. Então foi deliberadamente quebrado em pequenos pedaços.

É assim que um mosaico de Lego é construído: primeiro, uma imagem é feita e, em seguida, um selo especial a corta em pedaços para que as crianças possam aprender a montar uma imagem a partir de seus componentes.

Nossa alma comum é criada de maneira semelhante. Visto que está quebrada em pedaços menores, devemos encontrar tal conexão entre nós, tal justaposição que todas as nossas almas novamente se reúnam em um grande quadro, em uma única alma.

Essa alma é chamada de Adam, da palavra “Adomeh – semelhante” ao Criador. Na medida em que nos aproximamos um do outro para montar um grande quadro, nos tornamos Adam, humanos.

Isto é, o humano em nós não é nosso corpo animal e nem nossas inclinações animais naturais originais, mas é a medida de nossa semelhança com o Criador.

De KabTV, “O Poder do Livro do Zohar” # 3

Comente