A Vida Não Foi A Lugar Nenhum

962.8Pergunta: A vacina tem várias formas e há estudos que mostram que ela funciona.

Há céticos que têm medo, mas há quem queira se vacinar para que tudo isso acabe. Ou seja, as pessoas agora têm uma oportunidade e o pensamento: “Bom, quando esse ano acabar, tudo vai voltar ao normal”.

Pego-me pensando que vamos começar a nos encontrar fisicamente. Tudo voltará ao normal e as pessoas voltarão a voar para seus amigos e parentes, viajar, viver. A vida vai continuar. Este bloqueio já vai acabar.

Esse pensamento está na mente das pessoas de que tudo vai voltar ao normal e a vida vai começar de novo. O que você acha?

Resposta: A vida não foi a lugar algum. Então, se voltar, não sei o que queremos dizer com vida. Isso é em primeiro lugar. Em segundo lugar, você não pode trazer de volta o que já foi. Portanto, toda essa pandemia, todo esse vírus, nos acompanhará. Acho que devemos perceber o que ele nos deu.

Comentário: Eu geralmente sigo a imprensa; poucas pessoas tiraram conclusões sobre porque o vírus veio e para que veio.

Minha Resposta: Não. Elas querem voltar ao que era, como era.

Comentário: Sim, esse é o estado natural de uma pessoa que já está cansada de tudo isso.

Minha Resposta: Como se fosse bom.

Pergunta: Então, o que precisamos perceber agora para viver uma nova vida, porém boa?

Resposta: Devemos olhar para o futuro como um novo dia que deve ser uma consequência do dia anterior. Não consideramos o dia que passou! Não queremos obter nenhuma informação dele.

Pergunta: Você precisa obter informações do passado?

Resposta: Claro. Só que não queremos. Queremos saltar de volta. Isso é tudo. Enquanto voamos, voamos, enquanto caminhamos, caminhamos. Havia todo tipo de programas na televisão, havia cinemas, filmes. Íamos a restaurantes, a todos os lugares. As ruas estavam cheias de gente, elas iam a qualquer café, a qualquer lugar.

Pergunta: Quais informações devem ser extraídas do passado?

Resposta: Se quisermos voltar à reaproximação, então a reaproximação deve ser interna para neutralizar esse vírus. Isso é difícil de explicar às pessoas. Mas o problema está em nós. O vírus está em nós. Se eu quiser neutralizá-lo, preciso preencher minha atitude em relação aos outros com sentimentos de conexão, reaproximação e amor. Então, neutralizarei os efeitos negativos do vírus.

Pergunta: Você está dizendo que essa conexão, esse amor não existia em nossa vida passada?

Resposta: Claro que não.

Pergunta: Seja o que for que uma pessoa imagina, o que ela deve fazer com isso?

Resposta: Ela simplesmente se sentia livre. O vírus chegou até nós e mostrou que você não tem o direito de se aproximar do outro, digamos a menos de dois metros.

Você não pode ficar mais perto do outro! As pessoas devem entender que o vírus realmente veio do nível espiritual, ou seja, do nível dos sentimentos, do nível de correção do ser humano, e então desce para o nível biológico, animal.

Pergunta: Então, ele está nos pedindo para atingir esse nível?

Resposta: Natureza inanimada, vegetativa, animal e humana! A natureza humana é superior aos animais. Ou seja, é uma relação emocional entre seres humanos. Se consertarmos isso, então não há nada para consertar em todos os níveis inferiores, tudo ficará certo e bom.

Pergunta: Então, devemos corrigir nossas relações internas uns com os outros?

Resposta: Apenas isso. É necessário revelar a uma pessoa o que isso significa. Ela diz: “Não gostei dos outros?! Eu os estava abraçando! Sentava com eles, bebia!”

Comentário: Claro. Eles eram meus amigos, minha família.

Minha Resposta: Como posso explicar-lhe que tudo era uma relação egoísta, rígida, puramente psicológica de ódio?

Comentário: Isso é muito difícil de explicar. A pessoa manteve o afeto em relação às pessoas próximas …

Minha Resposta: Ela não pensou nisso. Agora temos que ir para outro nível.

Pergunta: Então, uma pessoa deve entender que viveu usando os outros o tempo todo? Na verdade, seu amor era usá-los, de uma forma ou de outra.

Resposta: Sim.

Comentário: Não é fácil!

Minha Resposta: Em seguida, começaremos a explicar às mães o que significa amar seus filhos.

Comentário: Mas a mãe tem 1000% de certeza que ama seu filho!

Minha Resposta: Ela o ama, é claro. Mas este é o nível animal do amor. Saia desse estado e dê ao filho apenas um conteúdo mais interior – eterno, perfeito! Com a sua consciência de onde isto vem!

Do seu corpo animal interior, do seu impulso como um animal ao animal, você deseja abraçá-lo, você deseja lambê-lo, como uma vaca lambendo seu filhote recém-nascido, e assim por diante.

Aqui, outra coisa também é necessária – por que eu faço isso, para quê, por que a natureza desperta esses sentimentos em mim? Não posso simplesmente seguir cegamente meus impulsos instintivos da natureza, que me impele assim, me força. Devo entender por que devo fazer isso, concordar com isso e confirmar com meu consentimento que estou fazendo isso conscientemente. Para quê?

A fim de conhecer plenamente e justificar o programa do Criador nessas ações. Para que neste amor entre nós, entre todas as pessoas, nos unamos em um sistema chamado Adam, e no final, encontremos a mesma conexão de amor para com o Criador.

Adam é uma única alma. Então sentiremos como Ele nos “lambe”, como uma vaca faz com seu bezerro, e o perceberemos como um bezerro percebendo uma vaca, uma mãe.

É para isso que tudo foi criado. Quando este amor mais elevado é manifestado em todos os níveis até no nível mais baixo, então esta é a revelação do Criador às criaturas.

Não vamos a lugar algum. Tudo isso deve ser revelado.

Pergunta: Nós revelamos que somos um nas mãos do Criador?

Resposta: Sim. Devemos ser ainda mais elevados, até o ponto em que devemos alcançar um estado de igualdade com Ele, perceber Sua atitude para conosco, subir ao nível de compreensão e sentir a fonte de Sua atitude para conosco, ou seja, crescer a tal nível.

Pergunta: Temos que chegar ao propósito?

Resposta: Claro, caso contrário, o que faremos? Como um bebê nos braços da mãe? Ele se sente bem, e sua mãe se sente bem. Precisamos crescer. Em nosso relacionamento espiritual com o Criador, há também um nível inanimado, vegetativo, animal e humano.

Pergunta: Qual é o propósito da criação, o último ponto?

Resposta: Subir a este estado, ao mais alto, quando sentimos de onde Seu amor surge no Criador e desce sobre nós.

Nós chegaremos lá. É precisamente programado. Estamos apenas tentando fazer isso rapidamente e para todos.

De KabTV, “Notícias com o  Dr. Michael Laitman”, 14/12/20

Comente