Todos Os Dias Às Urnas?

294.2Quando ouço os discursos do Knesset [braço legislativo do governo israelense], me pergunto de que tipo de eleições eles estão falando. O que vamos escolher? Cada palestrante tem um programa para reunir todo o país e tornar a sociedade um lugar melhor? Ninguém pode oferecer qualquer solução para conexão, cada um apenas tenta provar seu caso.

Mas nesta forma, todos estão errados, todos trazem separação e não há ninguém para seguir. Ninguém clama por conexão e unidade, mas apenas demonstra como ele é o único que está certo e os outros estão errados. Se isso continuar, é claro, realizaremos eleições não apenas quatro vezes por ano, mas todos os dias. Não sei como o Estado pode funcionar nessas condições.

Devemos compreender que somente nossos esforços internos para unir toda a nação e o mundo inteiro podem trazer paz ao mundo. Caso contrário, sempre surgirão pontos explosivos que ameaçam explodir na guerra.

Nada é mais importante do que nossos esforços para unir a nação. Mas o problema é que todos pensam que só eles sabem se unir e só sob sua liderança a unidade pode ser alcançada. No entanto, vemos todas essas tentativas falharem uma após a outra.

E isso continuará até que mudemos nossa abordagem de uma forma que não definamos exatamente como deveria ser, mas todos deveriam pensar que antes de tudo a unidade deveria estar em seus corações. É quando ela será implementada. Não importa de que forma, eu não estabeleço nenhuma condição: o principal é lutar pela conexão. Aproximar-se um do outro é sempre uma coisa boa.

A questão é o que fazer se houver vários grupos, vários partidos e métodos opostos, e cada um achar que está certo e o outro errado? Só existe uma solução. Ninguém deve ter outra opinião a não ser o desejo de união, como se diz “O amor cobrirá todas as transgressões”.

Todas as transgressões, todas as contradições, não precisam ser levadas em consideração. Todas essas diferenças permanecem entre nós, estamos cientes delas, entendemos que estamos longe uns dos outros e somos opostos, todos entre nós: socialistas, comunistas, oportunistas, capitalistas, etc. Não importa o partido, há várias dezenas de eles no pequeno país de Israel, e eles crescerão infinitamente se a separação continuar.

Devemos entender que não podemos falar sobre nossas contradições uns com os outros, porque é claro que o egoísmo de todos se manifesta em sua forma natural, que é diferente dos outros. A esse respeito, cada indivíduo é único, então cada um deve organizar seu próprio partido pessoal?

E se ele se aprofundar mais em si mesmo, verá que também está dividido por opiniões conflitantes e terá de se dividir em várias partes em conflito. Não há outra solução a não ser superar todos os obstáculos, todas as contradições e cobrir todos os crimes com amor.

As transgressões nos ajudam a construir o amor porque devemos cobrir todas as diferenças com ele. É por isso que os pecados são revelados – para nos ajudar a construir o amor – é assim que vem do pensamento da criação, o pensamento do Criador.

Se nos tratarmos assim, não haverá desacordos, ataques e brigas entre pessoas e partidos. Construiremos juntos, cada um levará em consideração sua ideia da própria retidão e dos erros dos outros, mas cobriremos tudo com amor. Essa será a estrutura certa.

Então cada parte e cada pessoa construirá uma forma de amor que se baseia no oposto de seus sentimentos críticos negativos em relação aos outros. Haverá ódio por dentro e amor por fora, até que vejamos o mundo inteiro corrigido e nós mesmos no melhor estado possível.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 03/12/20 , “Unidade Acima de Tudo”

Comente