“Quando É A Melhor Hora Para Desejar Feliz Chanucá?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Quando É A Melhor Hora Para Desejar Feliz Chanucá?

Sempre há momentos para milagres.

Sempre que nos conectamos positivamente uns com os outros, atraímos a força unificadora positiva que reside na natureza e ela realiza milagres maravilhosos. Além disso, podemos evocar essa força em qualquer época do ano, em qualquer dia e a qualquer hora do dia.

Milagres são fenômenos sobrenaturais, mas podemos ajudá-los a emergir de acordo com a forma como direcionamos nossos desejos. Se quisermos nos conectar positivamente uns com os outros acima de nossos desejos egoístas de benefício próprio, atrairemos forças unificadoras na natureza para se manifestarem no espaço entre nós e, com seu apoio, poderemos trazer paz e equilíbrio para nossas conexões, para a sociedade humana, e fazermos do mundo um lugar seguro e harmonioso.

Essa é a essência do processo que ocorre em Chanucá.

Em termos da história de Chanucá, os Macabeus priorizaram sua unidade e atraíram a luz que lhes concedeu a capacidade de permanecer no estado de amor, doação e conexão positiva, e então começaram a atrair mais e mais pessoas para si mesmos.

O óleo representa o desejo das pessoas de se conectar como um todo harmonioso na sociedade.

O pavio representa os esforços das pessoas para se unirem acima do raciocínio divisório do ego humano, que constantemente calcula o benefício próprio sobre o benefício dos outros.

O choque dos esforços das pessoas para se unir acima da rejeição egoísta até a unidade gera um desejo ardente de se aproximarem, e um certo “clique” ocorre, uma luz milagrosa ilumina dentro que continuamente alimenta a chama de seus desejos ardentes.

Então, ao sustentar os esforços para amar, dar e conectar-se positivamente um com o outro, e desejando que essa tendência se espalhe para a humanidade em geral, eles ganham um combustível constante para que a lâmpada permaneça acesa.

O milagre é a manifestação da luz – a força positiva de amor, doação e conexão que habita a natureza, também chamada de “o Criador” – na unidade das pessoas. Além disso, essa revelação do Criador dentro da unidade das pessoas não é apenas um milagre, é a essência de todos os milagres que a Torá descreve. Ou seja, a travessia do Mar Vermelho e os milagres de Chanucá e Purim apontam para a revelação do Criador na unidade das pessoas. O método para obter a revelação do Criador por meio da unidade foi descoberto, ensinado e difundido por Abraão há cerca de 3.800 anos, e foi desenvolvido por Cabalistas importantes ao longo da história.

Embora as pessoas possam se unir de várias maneiras, a essência de todos esses milagres é que nos unimos para que uma nova qualidade – amor e doação – ilumine em nós e nos eleve a outro nível de consciência, emoção, percepção e sensação da realidade.

Portanto, o melhor momento para desejar o milagre da unificação sobre o crescimento do ego divisivo seria mais cedo que tarde, pois pouparia a humanidade de muito sofrimento.

Comente