Nós Éramos Como Sonhadores

276.02A verdade é que o Criador preenche todo o universo. A verdade (“Emet” –  א מ ת) é composta pelas letras “Alef” – “Mem” – “Tav”, isto é, as três forças que existem na criação. “Aleph – א” é a primeira letra do alfabeto, Keter, o Criador. “Tav – ת” é a última letra do alfabeto, Malchut. E “Mem – מ” está no meio, Bina que conecta Keter e Malchut.

Você deve entender que a verdade não é o que nos parece de acordo com nossa opinião e sentimentos. Como se diz: “Eles têm olhos, mas não verão; eles têm ouvidos, mas não ouvirão”. Ou seja, não sentimos onde estamos, como se estivéssemos cegos e surdos, não sentimos o mundo verdadeiro, movendo-nos nele pelo toque.

Mas é aqui que está a correção. O Criador propositalmente criou esta ocultação para que possamos alcançar a perfeição, isto é, da ocultação para vir à revelação, da razão para elevar-se à fé acima da razão, de Malchut à Bina, de receber para doar.

A pessoa pensa que sente o mundo exterior, mas na verdade ela está trancada dentro de si mesma e se sente desde dentro. Toda a realidade está dentro de nós. O universo inteiro, as galáxias, as estrelas, os planetas e a terra com tudo nele, é tudo “eu”.

É como se eu tivesse perdido a consciência ou estivesse sonhando. Às vezes sonho que estou caminhando em algum lugar, fazendo algo como se fosse real. Mas então eu acordo e vejo que a verdadeira realidade não é a que sonhei.

E a mesma coisa acontece conosco quando a espiritualidade é revelada. Nós compreendemos que estávamos em um sonho e agora acordamos e vemos a realidade real.

Fé acima da razão significa entender que a realidade não é o que atualmente imagino. Na verdade, estou dentro do Criador, a força superior que me controla. E o vasto mundo que aparece diante de mim está dentro de mim, e devo atrair o poder do Criador para preencher todo o meu mundo e colocar tudo em ordem.

O homem deve tentar o seu melhor para revelar o Criador que preenche todo o universo. E isso só é possível por meio da dezena, desaparecendo e dissolvendo-se em seus amigos, absorvendo tanto neles que você sente que o Criador está por trás de todos os seus amigos e está esperando que eu O revele.

É assim que começo a perceber a luz da fé, ou seja, a sentir o Criador. Isso é chamado de fé acima da razão. A razão era meu antigo senso de realidade visto pelos olhos e ouvido pelos ouvidos. Mas agora eu começo a sentir a realidade além da percepção física, e através de meus amigos eu alcanço a revelação do Criador, que preenche meu Kli espiritual, as dez Sefirot da minha alma.

Assim, chegamos à primeira revelação espiritual e continuamos avançando cada vez mais.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá ,09/12/20, “Trabalho com Fé Acima da Razão”

Comente