Breve Enciclopédia De Educação

294.4Pergunta: O próprio encontro de futuros pais em nosso mundo é predeterminado ou não?

Resposta: É predeterminado. Não foi por acaso que conheci essa pessoa.

Pergunta: Por que isso é feito? Por que os casais se conectam dessa maneira?

Resposta: Não existem coincidências no mundo. Nenhuma coincidência! Como é dito em O Mestre e Margarida: “O tijolo não está nem aqui nem lá … nunca simplesmente cai do nada na cabeça de alguém”.

Pergunta: Em caso afirmativo, o nascimento de uma criança em particular que vai nascer é predeterminado?

Resposta: Tudo está totalmente predeterminado até o fim de todos os tempos. Não há nada novo.

Pergunta: Podemos dizer que há um bom momento para conceber um filho?

Resposta: Isso também não importa e também não depende das pessoas. Tudo é organizado de cima para baixo, e assim acontece. Na verdade, uma pessoa não escolhe nada.

Pergunta: Mas quando os pais decidem que querem ter um filho, no que devem pensar?

Resposta: Que querem fazer uma pessoa boa que seja útil ao mundo e que goste do fato de ser benéfica para o mundo.

Pergunta: O que é “beneficiar o mundo”?

Resposta: Aproximar as pessoas.

Comentário: Imagine dar essa tarefa aos pais!

Minha Resposta: Eles pensam nisso no ato da concepção. Como está escrito em Ketuvim, Jó 3:2: “”Pereça o dia do meu nascimento e a noite em que se disse: ‘Nasceu um menino!’’”

Comentário: Normalmente a pessoa pensa mais em si mesma, para que haja uma criança boa, gentil, afetuosa, amada e saudável. Pensa mais nela.

Minha Resposta: Não. Com isso você não faz uma criança, mas um animal. E se você pensar em como ela será no mundo como pessoa, para o mundo, você faz uma pessoa.

Pergunta: E se um casal não consegue conceber um filho, mas realmente quer?

Resposta: Tente o máximo que puder. Você não pode fazer nada. Mesmo hoje, ainda depende da providência superior.

Pergunta: E o que vai ajudar mais aqui: ir a curandeiros ou médicos?

Resposta: Devemos visitar médicos, devemos fazer todo o possível.

Pergunta: E ao mesmo tempo pedir ajuda ao superior?

Resposta: Claro, todos juntos.

Pergunta: Quando Ele ouvirá este pedido?

Resposta: Isso é desconhecido para nós. Por mais que as pessoas se esforcem para fazer o bem umas às outras e ao Criador, mais perto estarão da realização desse desejo, embora isso não garanta nada.

Comentário: Não está muito claro: “bons uns para os outros e com o Criador”. Explique este ponto, por favor.

Minha Resposta: Agir entre si como foi originalmente estabelecido pelo Criador.

Pergunta: Como isso é estabelecido?

Resposta: Tudo se baseia na bondade.

Pergunta: Como os futuros pais devem se comportar durante a gravidez?

Resposta: Devemos ter consideração um com o outro, especialmente com uma mulher. E tente para que a mulher durante a gravidez tenha bons pensamentos, músicas, leituras. Em geral, para influenciá-la com emoções e conhecimentos positivos e mais elevados. Tudo isso influencia muito a criança.

Pergunta: Que tipo de música você escolheria?

Resposta: Eu pessoalmente apoio a música clássica porque é a mais apropriada, a mais completa. Claro, não clássicos pesados, mas suaves.

Pergunta: No que uma mulher deve pensar durante a gravidez?

Resposta: Está escrito sobre isso na Torá que uma mulher só pensa naquele que está nela, que foi concebido e cresce nela. Apenas nele. A natureza já previu isso, então não há necessidade de interferir nisso.

Pergunta: Qual é o momento mais crítico da gravidez?

Resposta: Como regra, nos primeiros meses. Então, o fundamento da criança é estabelecido.

Pergunta: Quando a criança deve ser entregue à mãe?

Resposta: Você deve colocar a criança sobre ela imediatamente para que ela sinta que ainda está conectada com a mãe.

Pergunta: Isso dá a ela mais segurança?

Resposta: Tanto para ela quanto para a mãe. Deve haver uma conexão. É muito importante.

Pergunta: O que o leite materno significa para o crescimento do bebê?

Resposta: O leite materno não é necessariamente da sua mãe, pode ser de outra mulher. Porém, é preferível que a criança receba leite de sua mãe. E esse leite é a substância mais próxima da criança, carregando tantos elementos que nem suspeitamos.

Pergunta: O que o bebê ganha com o leite materno?

Resposta: É impossível expressar. A luz superior, chamada Ohr Hassadim, luz da misericórdia, ele recebe de cima através do leite de sua mãe.

Pergunta: Como uma mãe se comunica com um bebê que está amamentando?

Resposta: Ela fala com ele por meio disso. Ele a sente em seu peito e ela o sente em seu peito. Este é um mecanismo incrível em animais e humanos.

Pergunta: Por quanto tempo uma mãe deve amamentar seu bebê?

Resposta: Geralmente é recomendado até dois anos.

Comentário: Ninguém segue isso.

Minha Resposta: Eu sei que ninguém segue. Mas, de acordo com a lei espiritual, a amamentação deve ser de até dois anos.

Pergunta: E se você tem que ir trabalhar, como é hoje?

Resposta: Bem, todo mundo faz, isso é verdade. Quem se importa com algumas leis espirituais ou naturais?

Comentário: Você está dizendo que tudo é predeterminado e todas as ações são predeterminadas.

Minha Resposta: Se você arruinar sua vida, não culpe a natureza.

Pergunta: Então, nós arruinamos tanto a vida!? Mandamos mães trabalhar em seis meses, um ano e assim por diante.

Resposta: Claro.

Pergunta: O que precisa ser feito para consertar as coisas?

Resposta: Para consertar, a mulher não deve trabalhar.

Comentário: Isso, é claro, é impossível em nossa época.

Minha Resposta: Por quê? Por que é ruim se apenas o homem trabalha e ganha o suficiente para sua família, e isso seria o suficiente para a família viver normalmente, com calma, em silêncio?

Pergunta: Diga-me, se a mãe fica irritada ou depois de uma briga com o pai, ela deve alimentar ou não alimentar o filho naquele momento?

Resposta: Isso não é bom. A criança sentirá muito isso em si mesma e, portanto, tais estados são totalmente indesejáveis! A mulher deve ser protegida, isolada de quaisquer influências negativas e indesejadas.

Pergunta: Ou seja, tudo isso entra na criança, tanto irritação quanto ódio?

Resposta: Claro. Tudo isso vai se infiltrar na criança e se manifestar em consequências negativas.

Pergunta: O bebê geralmente sente o que está acontecendo em casa nas relações parentais?

Resposta: Claro. Ele sente tudo. Tudo é sentido por ele “no ar” mesmo que seja na próxima casa, em outra cidade. Tudo isso é transmitido. Ele é muito sensível. A mãe para ele é como um receptor que ele ouve e percebe mesmo que ela não diga nada a ele. Mas tudo que afeta a mãe, ele sente tudo.

Pergunta: Acontece que a mãe é como um sexto sentido para ele?

Resposta: Claro. Parece-nos que ele saiu da mãe e que o cordão umbilical foi cortado. Nada é cortado.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 05/10/20

Comente