Acenda A Luz Em Sua Alma

530Se superamos ao máximo a resistência do egoísmo atribuído a nós de acordo com a raiz da alma e alcançamos a conexão na dezena, o Criador pode ser revelado entre nós.

A oposição entre luz e escuridão, separação e conexão, chega a tal ponto que esse contraste entre egoísmo e santidade é suficiente para fazer a escuridão brilhar como luz. A primeira luz é revelada em nós, a luz de Nefesh, e nós entramos no caminho da luz.

A tensão entre a desconexão e o desejo de conectar atinge tamanha magnitude que faz a luz acender, como uma lâmpada que acende em 220 volts. A intensidade de nossa conexão e oposição torna-se tão grande que a escuridão começa a brilhar como luz. Da escuridão, convidamos e atraímos o Criador para nossa conexão.

Na medida em que me acostumo a apreciar os estados obscuros nos quais não tenho nenhum desejo, nenhuma mente, nenhum pensamento correto, e sei que eles nos conectam, eu acendo a luz em minha alma escura, ou seja, revelo o Criador mais e mais.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 09/12/20, “Trabalho com Fé Acima da Razão”

Comente