À Beira Da Entrada No Mundo Espiritual

630.1Pergunta: O que significa não remover o egoísmo, mas construir pequenas pontes de conexão sobre ele? Se eu mudar meu foco acima do egoísmo em desenvolvimento, ainda não o estou transformando de alguma forma? Ou apenas me parece assim e ele realmente permanece o mesmo?

Resposta: Na iminência de entrar no mundo espiritual, começamos a sentir problemas em nossa mente e sentimentos. É semelhante à maneira como os físicos descobrem a dualidade da luz: a estrutura de suas partículas ou sua estrutura ondulatória.

Elétrons e fótons se comportam como partículas ou ondas, dependendo se a pessoa os observa ou não. Isso significa que entendemos que não depende de leis físicas, mas das leis de nossa percepção.

Na física, há evidências e testes que indicam que não entendemos totalmente com o que estamos lidando. Embora na física tudo se expresse em fórmulas, em gráficos, no movimento das agulhas de um medidor ou no cintilar de números em uma tela, ainda não entendemos o que realmente está acontecendo.

Nossa mente corporal é construída sobre o egoísmo absoluto e não pode compreender e perceber nada que seja oposto a ela, quando é construído sobre o antiegoísmo. Além disso, não é apenas antiegoísmo, a mera mudança de mais para menos, eu penso de uma forma e você pensa de forma diferente, por um lado da perspectiva do seu ego, e por outro, do meu, da perspectiva de meu egoísmo. Isso não produz nada.

A questão é estar no mesmo objeto, em um desejo em que há dois tipos de sentimento: um que é egoísta e outro que está em contraste com ele, mas ambos existem simultaneamente no mesmo objeto. Há um bom exemplo da Torá para isso, quando o Criador diz a Abraão, “é através de Isaque que sua descendência será contada”, ele é o seu futuro e ele conduzirá a humanidade em direção ao objetivo. E logo depois que Ele acrescenta, leve-o e mate-o, “sacrifique-o ali como holocausto”.

Como esses dois opostos podem coexistir? É claro que há comentários superficiais sobre isso, que por meio da morte ele aparentemente atinge outra vida.

Mas nós precisamos entender que se trata de uma percepção totalmente diferente, de uma matriz diferente, e que os opostos não podem apenas coexistir, mas também se complementam e ainda permanecem opostos.

Quando falamos de opostos, queremos dizer que se um existe, o outro também existe e vice-versa, embora não entendamos como eles existem. Para isso, a luz superior deve descer sobre nós, expandir nossos conceitos, sensações, e quando eles se tornarem espirituais, iremos percebê-la.

Isso é realmente o que estamos tentando alcançar na dezena, ver o mundo em um nível diferente, o que significa com uma mente diferente, com um coração diferente, com uma percepção diferente, com uma consciência e reconhecimento diferentes.

A menos que façamos isso, não podemos fazer nada. Veja o que acontece em Israel antes das eleições, 20 partidos diferentes lutam entre si e estão prontos para se devorarem. Veja o que acontece na Europa e em todo o mundo. Este é apenas o começo. Veremos tais problemas que não seremos capazes de resolver em nosso nível terreno de forma alguma. De jeito nenhum!

A questão é que a providência está nos aproximando uns dos outros, somos incapazes de encontrar um terreno comum porque o egoísmo de cada Estado, de cada nação, está em constante crescimento. Se no passado éramos capazes de nos afastar um do outro de acordo com o egoísmo crescente, agora a providência está nos pressionando, empurrando-nos uns para os outros, e não podemos mudar isso.

Podemos começar a exigir que nossa percepção do mundo seja mudada para uma percepção espiritual verdadeira ou nos levaremos à guerra nos aproximando linearmente. É porque não haverá outro caminho se formos constantemente empurrados para mais perto e, ao mesmo tempo, permanecermos cada vez mais opostos um ao outro.

O Criador opera em nós por duas forças, de dentro e de fora. Por um lado, Ele desenvolve o egoísmo em nós e, por outro lado, Ele nos aproxima cada vez mais. Se antes vivíamos distantes um do outro e nos conectávamos apenas quando necessário, hoje estamos em um quintal comum.

Amanhã estaremos no mesmo apartamento e depois no mesmo quarto. Como vamos conseguir suportar!? Além do mais, a proximidade crescente entre nós está ocorrendo enquanto o egoísmo também cresce internamente em cada um. É por esse meio que o Criador está nos forçando a se voltar para Ele.

Ao mesmo tempo, apenas aqueles que estão no estado certo se voltarão para Ele. Você não pode simplesmente clamar a ele. As pessoas clamam por Ele há séculos, inutilmente.

De acordo com a sabedoria da Cabalá, precisamos nos reunir em dezenas e criar nelas a atmosfera certa, na qual gostaríamos de encontrar uma solução para o problema: como uma dezena pode se tornar um todo?

O mundo inteiro será dividido em dezenas e assim todos serão corrigidos. Pode parecer que estamos construindo dezenas, mas na verdade não é assim. No futuro, descobriremos que a providência está incutindo todos esses pensamentos, sentimentos e decisões em nós.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 06/02/19

Comente