Parceria Egoísta

273.01Pergunta: Recentemente, eu recebi um e-mail de alguém que começou um negócio com um amigo há mais de 30 anos. Ele escreve: “Quando abrimos o negócio, decidimos que cada um se complementaria: meu parceiro dá ideias e eu as implemento, resolvo todos os problemas. Dividimos tudo meio a meio.

“Trabalhamos assim por mais de 10 anos, até ganharmos muito dinheiro. Aí ele exigia 80% do faturamento total para si e justificava tudo pelo fato de as ideias serem dele. Aí não resisti e disse que todos esses anos eu o havia apoiado, pagando pelos dias vazios em que ele estava pensando, de férias, deprimido, etc.

“Nesse dia, o princípio da igualdade foi violado e nos tornamos inimigos. Não nos falamos por um mês. Então descobri que ele me processou. Antes amigos mais próximos, hoje somos inimigos ardentes”.

Se considerarmos essa situação pelo prisma da integralidade da natureza, qual seria a distribuição de renda e qual a igualdade entre esses parceiros? É correto que eles originalmente dividiram tudo ao meio? Afinal, um deles quebrou o contrato posteriormente.

Resposta: O fato é que a parceria deles era puramente egoísta e, portanto, não tenho ideia de como resolver esse problema. Não tenho nada a ver com isso.

Meu trabalho é estudar sistemas completamente diferentes que se complementam e trabalham em princípios completamente diferentes onde, dando ao outro, você ganha.

Se eles entendessem o propósito da natureza, cada um pegaria o quanto for necessário para viver normalmente e daria todo o excedente à sociedade. É assim que o lucro real seria medido. Ou seja, a solução está em um plano completamente diferente.

Pergunta: O mais triste é que o processo de formação desses dois empresários pode levar décadas. E o que eles devem fazer antes de chegarem à revelação da gestão superior? Como deveriam compartilhar os lucros? Existem etapas aqui?

Resposta: Eu acho que tudo é muito mais fácil do que você pensa. Digamos que sua riqueza desapareceu e ainda resta um mínimo para viver. Agora deixe-os construir relacionamentos uns com os outros. Isso é tudo.

De KabTV, “Habilidades de Gestão”, 11/09/20

Comente