O Que Prevalecerá: O Egoísmo Humano Ou O Amor?

962.1Pergunta: Existe um termo “vaccine nationalism” (“nacionalismo das vacinas” em tradução livre). É quando uma vacina é desenvolvida exclusivamente para alguém, sem acordo comum para criar uma vacina para todos. Tudo é mantido em segredo e tudo é feito não em prol da rápida recuperação das pessoas, mas por interesses políticos ou nacionais. Isso é o que está acontecendo no mundo agora.

Se você pensar nisso, por que não podemos reunir as maiores mentes humanas e fazer com que o mundo inteiro trabalhe para elas, para que possam criar uma vacina o mais rápido possível? Todos trabalhariam em seu benefício, ajudando-as e pensando em seu sucesso. Por exemplo, prenda todos em Oxford para que o foco esteja neles. Claramente, a vacina teria sido produzida cem vezes mais rápido do que é agora.

Então, por que, mesmo em tempos de tanto perigo como o que enfrentamos agora, não podemos nos reunir e tomar essa decisão?

Resposta: Todos querem aproveitar este momento. Estamos falando de bilhões de dólares, prêmios Nobel, todas as honras, poder, tudo que você poderia desejar. Quem desistiria disso?

Pergunta: Isso significa que a saúde nem mesmo é considerada aqui. A vacina, a princípio, não é criada nem para que as pessoas tenham saúde, mas para se exibir?

Resposta: Só por isso! Quem se preocupa com saúde?! O que podemos esperar das pessoas se Deus (o Criador) Se virou do avesso e nos opôs a Ele? Não há limites aqui.

Pergunta: E se todos sentissem o perigo de que cada um de nós pudesse pegar este vírus e que estaríamos em nosso leito de morte amanhã. Agora vá e tome a decisão de reunir todas as mentes para que a vacina esteja pronta amanhã. As pessoas tomariam essa decisão em tal situação?

Resposta: Não.

Pergunta: Isso é inacreditável! Eu vou morrer amanhã. Mas se eu tomar essa decisão agora, eu e todos os outros viveremos. E mesmo nessas circunstâncias eu ainda não tomaria a decisão de somar esforços com o resto do mundo e desenvolver a vacina juntos?

Resposta: Bem, em geral, vemos que o mundo está enfrentando a ameaça de uma guerra termonuclear e outros problemas e nada pode ser resolvido. Ao contrário, eles pensam em como usá-la antes dos outros para suprimir, matar e destruí-los.

O egoísmo humano é ilimitado, igual em magnitude ao amor do Criador pelas pessoas. E é por isso que você não pode fazer nada a respeito.

Pergunta: Então, essas duas forças estão em oposição uma à outra? Egoísmo e o Criador com Seu amor.

Resposta: Sim. É por isso que não há limite para o nosso ódio um pelo outro.

Pergunta: Como saímos disso?

Resposta: Não sei. Falo sobre tudo isso, tento transmitir e explicar isso a todos o máximo que posso. Mas o fato é que as pessoas não consideram isso, não entendem, e eu realmente não vejo o futuro tão brilhante quanto os outros. Acho que depois desse vírus haverá grandes problemas. Nós seremos espremidos.

Pergunta: Espremido contra a parede sem saída?

Resposta: Sim. Mas de qualquer maneira, em algum lugar, de alguma forma, chegaremos à conclusão de que não temos outra escolha, e isso virá com grande sofrimento, a menos que decidamos fazer algo conosco antes disso. Portanto, acho que em algum momento, vamos decidir que temos que mudar a nós mesmos.

Pergunta: O que é esse “buraco” em nós que precisa ser perfurado para que percebamos que o mal da natureza existe em nós?

Resposta: É o pericárdio, a bolsa que envolve o coração. Precisamos fazer um buraco nele para que uma gota de luz entre. Isso fará o resto.

Irá corroer o egoísmo, torná-lo suave, maleável, receptivo e disposto a perceber o que é, o que está acontecendo com ele e com os outros também. Caso contrário, seria muito difícil.

Pergunta: Então, os pensamentos sobre os outros só aparecem se essa gota de luz penetrar na pessoa?

Resposta: Sim.

Pergunta: Não entendi bem: o que é esse lugar no coração?

Resposta: Nosso coração está envolto em uma casca. E esta casca é tão dura, tão pesada.

Pergunta: Isto é, a luz vai perfurar um pouco e entrar. Então o trabalho começará. Sua tarefa pessoal é ajudar a luz a fazer esse buraco na pessoa. O que isso significa para você?

Resposta: Um buraco é uma falta (Hissaron). Quando uma pessoa sente que absolutamente deve ter a qualidade de doação, a qualidade de amor entra em seu coração, porque, de outra forma, ela não sente os outros e não pode fazer nada a respeito, mesmo que queira, ela não pode. E essa sensação de bater na parede (não posso fazer nada!) fará com que essa abertura apareça.

Pergunta: Essa sensação de bater na parede é alegre ou terrível?

Resposta: É um sentimento de extrema necessidade. É uma oração e um grito, e o apelo aos outros com clamor de urgência, gritos.

Pergunta: Cada pessoa tem que chegar a esse ponto? Ou talvez uma equipe, um pequeno grupo para começar?

Resposta: Não acho que todo mundo precisa. Pelo menos um grupo como o nosso, nossa equipe.

Pergunta: O que atrairá o resto da humanidade para ele?

Resposta: Eles verão que algo está acontecendo neste grupo que de repente estendeu a mão ao Criador e conseguiu atraí-lo para si.

Pergunta: Este grupo começará a irradiar esperança para toda a humanidade?

Resposta: Sim, e todos verão isso.

O grupo é Israel, que tem uma conexão interna com o Criador por meio da qual eles entendem que são obrigados a trazer a qualidade de doação e amor para o mundo.

Pergunta: É este o buraco que será feito?

Resposta: Acho que é isso que faremos.

Pergunta: Você tem essa confiança?

Resposta: Confiança, não posso dizer. Há muita esperança e algum sentimento interno de que isso é possível, de que o Criador fará isso por nós.

Pergunta: Ainda é tudo Ele, de uma forma ou de outra. Você acha que um esforço suficiente quase foi feito para que isso aconteça a qualquer momento?

Resposta: Esforço são todos os anos qualitativos e quantitativos e, em geral, tudo o que a humanidade fez até hoje. Tudo está sendo somado.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 07/09/20

Comente