“Por Quem Somos Responsáveis?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Por Quem Somos Responsáveis?

Há um ditado que diz que “o mundo inteiro foi criado para a pessoa” (Cabalista Yehuda Ashlag, “Introdução ao Livro do Zohar”). Isso significa que somos os responsáveis ​​finais por todo o mundo, ou seja, por toda a humanidade.

A questão então é: por que não nos sentimos responsáveis ​​por todo o mundo?

Porque a nossa natureza age por meio de um filtro egoísta de “realização máxima com mínimo esforço”, que nos impede de sentir uma responsabilidade tão imensa.

Sentir responsabilidade pelo mundo todo colocaria um peso insuportável em nossos ombros, então, para nos poupar de um fardo tão constante, nossa natureza voltada para o egoísmo busca uma visão de mundo mais confortável. Elimina o sentimento de responsabilidade por inúmeras outras pessoas e nos preocupa com nossas próprias necessidades, desejos e preocupações pessoais.

Nós percebemos o mundo como uma projeção de nossas qualidades internas. Portanto, se não fizermos movimentos para nos elevarmos acima de nossos estreitos interesses pessoais a fim de beneficiar os outros, perceberemos o mundo de acordo: como um mundo transbordando de indivíduos que priorizam seus próprios interesses, muitas vezes às custas dos outros e da natureza.

Porém, quanto mais nos elevarmos acima de nossos estreitos interesses pessoais e almejar o benefício dos outros, mais desenvolveremos sentimentos de responsabilidade e consideração para com eles. Ao nos aplicarmos para beneficiar os outros, nos sentiremos mais próximos e mais queridos. Em outras palavras, quanto mais desenvolvermos novas atitudes altruístas acima de nossas atitudes egoístas inatas, mais nos sentiremos responsáveis ​​por círculos cada vez mais amplos da sociedade humana, até que finalmente nos sintamos responsáveis ​​por todo o mundo.

Além disso, o mundo de hoje parece mais interligado e interdependente do que nunca. Vivemos em uma época em que nossa interconexão global se torna cada vez mais óbvia por meio de economias e tecnologias globais. O coronavírus também é um exemplo importante de nossa interdependência global, mostrando como uma partícula minúscula que surgiu em uma cidade se tornou uma pandemia global. Portanto, a responsabilidade e a preocupação apenas com um indivíduo, um grupo seleto ou uma nação não garantirão nossa felicidade, paz e segurança duradouras. Hoje, estamos em uma grande era de transição em que precisaremos começar a assumir a responsabilidade pelo bem-estar da humanidade, porque nosso benefício ou dano depende da extensão do benefício ou dano que a humanidade experimenta.

Comente