Dias E Anos De Vida De Uma Pessoa

032.01Está escrito em Bereshit: “E foi a tarde e foi a manhã, um dia”. Toda a Torá é destinada apenas às pessoas que desejam se aproximar do Criador. Elas precisam distinguir entre “tarde” e “manhã” e perceber que este é um dia. Se não passarmos desses dois estados, tarde e manhã, isso significa que não estamos nos movendo em direção à nossa correção.

Vale a pena contar quantos altos e baixos eu tive por dia, qual foi o resultado e como me sinto em relação a eles. Estou completamente desconectado do Criador e do trabalho durante minha descida? Eu lamento o que aconteceu e me concentro no próprio estado ou lamento que o Criador desapareceu e eu permaneci um animal durante a descida? Isso significa que ainda tenho uma conexão com o Criador, mas apenas do outro lado.

Você precisa descobrir a diferença entre dia e noite, escuridão e luz. Esses estados estão constantemente mudando em nós e nos dão novas sensações. Vale a pena habituar-se a não perder o contato com o Criador mesmo nas maiores escuridões, lembrando que as escuridões vêm Dele de propósito, a fim de formar em nós um sentimento de separação Dele e de nossos amigos. Isso é o que chamamos de escuridão.

Assim que sentimos a escuridão, ou seja, a desconexão do Criador, da vida espiritual, imediatamente nos esforçamos para nos unir com os amigos e com o Criador. Acontece que temos meios muito fortes e seguros para um rápido retorno ao estado do dia.

Quanto mais passamos por tais estados, separação do processo espiritual, do grupo e do Criador durante o dia, mais avançamos. Afinal, tudo é medido de acordo com o sentimento da noite, ou seja, desconexão do espiritual, e do dia, conexão com o espiritual.

Quanto mais dermos esses saltos à frente, em direção à nossa unificação, mais receberemos a desconexão como uma resposta a fim de renovar nossa conexão novamente, que o Criador irá novamente cortar.

Todas as separações vêm do Criador e todas as conexões vêm de nossos esforços e orações a Ele. Por isso, nós fazemos constantemente um trabalho conjunto com Ele: “Eu sou pelo meu amado e o meu amado é por mim”. O Criador desperta a noite, e nós pedimos a Ele e despertamos o dia.

Para nós, a noite é chamada de estado de desconexão do grupo, dos amigos, da alma comum, e do Criador que a preenche. E o dia é, ao contrário, o sentimento de conexão entre nós como um homem, um Criador revelado entre nós.

Vamos contar quantos desses dias e noites passamos em um dia físico, geográfico e terrestre. Segundo eles, os anos de vida do homem são calculados.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 15/10/20, “Bereshit

Comente