Todos Juntos Em Casa

961.1O Criador nos obriga a seguir o programa da criação e, portanto, nos mostra que é ruim permanecermos separados uns dos outros. Mas como Ele pode nos mostrar que isso é ruim?

Só às custas do sofrimento, caso contrário não entenderemos que a separação é má. Portanto, o Criador é forçado a anexar algum evento desagradável à nossa separação para que possamos começar a senti-la.

Precisamos sentir, durante a pandemia do coronavírus, que estamos com problemas por causa de nossa separação. Precisamos conectar nossos estados físicos e mentais. O fato de estarmos tão distantes um do outro mentalmente e não sentirmos o quão bela é a conexão, é a causa de todos os infortúnios que nos aconteceram. O vírus em si não é tão terrível, mas por cobrir o mundo inteiro, paralisa todas as nossas vidas. Se tivesse atingido um único país, não teria atraído tanta atenção.

Mas visto que vem de um nível completamente diferente, da força espiritual global ao redor do globo inteiro, do estado espiritual, do programa do fim da correção global, ele desperta uma atitude muito especial para consigo mesmo e mergulha todos em confusão e perplexidade.

Os cientistas não conseguem encontrar uma solução e não há esperança de uma vacina em breve. Essa epidemia é diferente de todas as anteriores, que eram mais locais, não visavam corrigir a última geração e não vinham de uma força comum chamada Mashiach que atua sobre toda a humanidade. Esta é a primeira vez que a encontramos.

É por isso que tais medidas estão sendo tomadas. Afinal, por que parece necessário parar toda a indústria ao redor do mundo, destruir as economias de todos os países e mudar radicalmente a vida das pessoas só por causa de algum vírus? E se houvesse uma guerra que matasse milhões, não teria parado, as pessoas continuariam a lutar. Por que estamos parando nossas vidas por causa do coronavírus?

É porque esse poder vem do nível superior – de onde já estamos conectados. E esse poder vem para nos mostrar que temos que nos conectar aqui neste mundo.

Portanto, não o entendemos e estamos perplexos. Gradualmente, começaremos a ouvir a maneira como o Criador está nos ensinando e começaremos a entender como Ele nos trata e o que Ele quer de nós.

Com isso, ouviremos a voz do Criador, sentiremos Suas ações e seremos capazes de responder a elas. Vamos nos aproximar um do outro e ver imediatamente a epidemia diminuir. Então cairemos de volta em nosso egoísmo, e a epidemia retornará.

Desse modo, vamos nos aproximar e nos afastar, como uma criança que sobe nos braços do pai, depois foge dele, fica com medo de um cachorro e pede para ser pega novamente. Da mesma forma, o Criador nos ensina como sempre nos esforçar para nos conectarmos com Ele.

A única diferença entre este mundo e o mundo espiritual está em quem governa: eu ou o Criador. É para essa mudança de poder que a pandemia deve nos empurrar.

O Criador leva em consideração a correção global do mundo inteiro: Ele pensa no futuro da humanidade, conectando todos em um Kli e preenchendo-o com a luz superior. Já alcançamos a reta final da correção – o Criador não está muito escondido.

Somos nós que não podemos revelá-Lo, e Ele não se esconde, influenciando-nos a partir da nossa conexão. E assim sentimos um golpe global para todos, não em algum lugar mais, em algum lugar menos, mas em todos os lugares. Afinal, já estamos na reta final e só precisamos chegar à linha de chegada: à conexão global.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 13/09/20, “Trabalho Com Fé Acima Da Razão”

Comente