Rachaduras No Coração

527.01Por que o coronavírus apareceu? Devido ao fato de que não há conexão correta entre todos os elementos da criação, em todos os níveis: inanimado, vegetativo, animal e humano.

Onde já deveria aparecer uma conexão, de acordo com o programa geral de desenvolvimento, que nos move para o fim da correção, mas ainda não existe, a partir desses lugares de ruptura, como de rachaduras nas paredes, os vírus rastejam.

Os vírus são o desejo de receber que já deveria ter sido corrigido, mas que ainda não corrigimos. É por isso que esses vírus aparecem. Tentamos combatê-los em todos os níveis, em todas as formas, mas, na realidade, temos que tratá-los no mais alto grau onde se manifestam, ou seja, no grau humano.

Além do coronavírus fazer mal à saúde, pior ainda, leva ao distanciamento uns dos outros, fecha locais de trabalho, creches, escolas, etc. Nos lugares onde o vírus tem um impacto negativo na sociedade humana, precisamos fazer uma correção por meio de nossa conexão correta.

Não podemos deter a epidemia colocando máscaras, nos escondendo em nossas casas, fechando escolas, creches e cinemas – tudo isso não é obrigatório. Só precisamos fazer uma correção no mais alto grau, ou seja, nas relações entre as pessoas. Vamos começar a nos corrigir fazendo a conexão correta um com o outro e, assim, neutralizaremos o coronavírus. Está escrito: “O amor cobrirá todos os crimes (isto é, todos os vírus no nível humano)”.

Então veremos como, com a ajuda das armas mais poderosas, começamos a ordenar toda a criação de cima para baixo, cada vez mais, até que esses vírus desapareçam dos níveis inferiores: dos corpos humanos, dos animais, de absolutamente tudo. Este deve ser o nível de nosso impacto sobre todos os problemas que revelamos na natureza hoje; toda correção é somente por meio de nossa unidade.

Por meio de nossa conexão, vedaremos todas as rachaduras das quais os vírus, essas pequenas víboras, sairão, e a epidemia irá parar. A doença está cada vez mais aguda, mas tem cura!

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 31/08/20, Escritos do Baal HaSulam, “ O Arvut (Garantia Mútua)”

Comente