Não É Perdão Que Pedimos, Mas Correção

239Notícias mostram que o mundo está caminhando para o abismo, afundando mais e mais a cada dia e precisando urgentemente de uma cura genuína. Mas não há dúvida de que essa vacina não pode ser feita em laboratório e, infelizmente, a epidemia só vai se intensificar. Ainda não está claro se o mundo está mudando em uma boa direção.

Devemos nos sentir responsáveis ​​por toda a realidade e exatamente por isso devemos pedir perdão ao Criador. Afinal, entendemos que tudo depende de nós. O Criador nos aproximou de Si mesmo e está esperando que peçamos a Ele por todo o mundo como o governante supremo. Ele quer que sejamos um canal pelo qual a luz fluirá entre Ele e o mundo inteiro, mas ainda não podemos pedir isso a Ele.

Então, pedimos perdão por isso porque hoje já temos a obrigação de implementá-lo. Pedimos perdão não por crimes passados, mas pelo que devemos fazer agora, ao reconhecermos que somos responsáveis ​​pelo estado do mundo. Portanto, temos o que nos arrepender diante do Criador, já que trouxemos o mundo ao estado tão terrível em que se encontra hoje.

Se tivéssemos agido corretamente, mesmo antes da pandemia do coronavírus, diante de todos esses problemas, teríamos atraído boas forças ao mundo, e o mundo teria se voltado para uma boa direção.

Pedimos desculpas por negligenciar nossa missão, nossa conexão com o Criador. Não pedimos perdão; antes, queremos ser corrigidos: deixe o Criador nos dar sabedoria, sentimentos e nos trazer para mais perto Dele para que possamos corrigir o mundo. Como se diz: “Do amor dos seres criados ao amor do Criador”.

Da Lição Diária de Cabalá, 15/09/20, “ O Que é a Preparação para Selichot (Perdão)”

Comente