Judeus Da América, Parte 1

448.3A Parte Mais Ativa Da Sociedade

Pergunta: A América foi originalmente estabelecida para emigrantes. Os primeiros colonos judeus foram os sefarditas. Já na década de 20 do século XX cerca de seis mil judeus viviam na América. Em pouco tempo, eles alcançaram plena igualdade de direitos. E o processo de sua assimilação e americanização começou.

Curiosamente, o seguinte fenômeno foi observado ao longo da história: os judeus sempre se tornaram mais americanos do que os americanos, mais russos do que os russos, mais espanhóis do que os espanhóis. Por que isso acontece?

Resposta: Primeiro, apesar do fato dos judeus terem sua própria religião, eles praticamente não tinham sua própria língua. Eles vieram para a América de todo o mundo. Alguns falavam iídiche, alguns árabe, etc. Ou seja, não havia uma base comum para todos. Portanto, eles não poderiam ter muito contato com outros grupos de imigrantes.

Por outro lado, os judeus eram a parte mais ativa da sociedade, que imediatamente começou a se estabelecer nos lugares, abrir suas escolas e outras instituições necessárias para a existência de sua comunidade. Eles se empenharam energicamente em se estabelecer como um povo que vive na América e, ao mesmo tempo, desenvolver vários tipos de negócios.

Portanto, como a parte mais ativa da população em qualquer país, e ainda mais na América, eles se mostraram pioneiros em todas as esferas de atividade da nova sociedade americana.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 18/11/19

Comente