Textos arquivados em ''

“Como Não Odiar Meu Filho Por Matar Minha Esposa”

Dr. Michael Laitman

Da Minha Página Do Facebook Michael Laitman 14/09/20

Não muito tempo atrás, eu recebi uma carta de partir o coração que destacou algo com que muitas vezes temos que lidar: a culpa. Como a culpa afeta a todos nós, achei que ajudaria muita gente se respondesse à carta abertamente, sem revelar a identidade do remetente.

“Caro Michael Laitman,

“Meu nome é … e eu moro na Rússia. Sou um ouvinte ávido de suas palestras e nunca perco um show. Devo tudo isso à minha amada esposa, com quem vivi como uma só alma por vinte e oito anos. Não podíamos ter filhos, então adotamos um menino e o criamos com muito amor, principalmente minha esposa. Ela o amava profundamente.

“Quando a pandemia do coronavírus começou, minha esposa e eu tomamos muito cuidado. Trabalhamos em casa, ouvimos suas palestras e concordamos com cada palavra sua. Nosso filho, porém, tratou o vírus como um desafio ou um convite. Ele iria sair e zombar de nossas preocupações. Ele não usaria máscara. Não poderíamos explicar nada a ele com base em suas palavras; ele simplesmente não quis ouvir. Como resultado, ele pegou a Covid e nos infectou também. Lidei com o vírus com bastante facilidade, mas minha esposa não; ela morreu.

“Desde então, não consigo mais olhar para o meu filho. Eu o odeio. Eu entendo que é impossível trazer minha esposa de volta, mas não quero viver com esse ódio pelo meu filho. Além disso, ele também se sente culpado; estou ciente disso, mas não posso evitar. Eu olho para ele, eu desvio meus olhos e mal posso me conter para não explodir sobre ele. Não tenho amor dentro de mim, nenhum mesmo! Querido Michael, como faço para trazer meu amor de volta? O que devo fazer? Como posso perdoar meu filho? Eu não sei o que fazer. Por favor me ajude”.

Por mais angustiante que seja essa tragédia, e talvez por isso seja assim, espero que esta história nos ajude a entender como a natureza funciona e que, na verdade, essa tristeza não é culpa de ninguém. Não é culpa de ninguém, porque assim como o pai não pode evitar odiar seu filho, seu filho não pode deixar de ser imprudente. Não somos donos de nossos pensamentos; eles emergem em nós do mesmo lugar onde tudo emerge. Chame isso de “natureza”, “realidade”, “Deus” ou o que você quiser, mas não sabemos o que pensaremos daqui a um segundo, muito menos o que faremos.

Eu sei que isso não é fácil. Eu também tenho muitos motivos para ficar com raiva. Mas quando você estuda a sabedoria da Cabalá, vê que tudo tem um propósito: levá-lo a revelar a força mais profunda e fundamental da vida, a fonte de tudo, o Criador de todas as coisas. E não só isso, você descobre que o objetivo dela é nos fazer como ela, exatamente iguais a ela. Quando você descobre essa força criativa, percebe que ela nada mais é do que pura bondade. Seu objetivo, portanto, é tornar você, eu e toda a humanidade tão bons quanto ela.

Quando você começa a se tornar como o Criador, mesmo que um pouco, entende por que as coisas acontecem da maneira que acontecem. Até que você se torne assim, é impossível justificar seu filho, ou o Criador, por sua tragédia.

O Criador conduz o mundo ao bem por meio de duas rédeas: prazer e dor. No entanto, sua direção, como acabamos de dizer, é apenas uma – torna-lo como Ele: um doador completo. Os piores cataclismos da história humana, desdobrados como foram nas mãos dessa mesma força benevolente, e com o propósito de nos tornar benevolentes também. E se eles se desdobraram dolorosamente, é apenas um sinal de que devemos aumentar nossos esforços para nos tornarmos como ela, para que não tenhamos que nos apressar nas rédeas da dor.

O coronavírus também vem dessa mesma origem, e seu objetivo é o mesmo: nos tornar bons, amorosos e generosos. No momento, você provavelmente não pode amar seu filho. Mas quando você se conectar com o Criador e começar a se tornar como ele, encontrará dentro de você um amor tão profundo por seu filho e por toda a criação que você nunca soube que existia. Você vai amá-lo mais do que nunca e mais do que você pensou ser possível.

Portanto, meu amigo, não olhe para trás e não perca tempo ou energia remoendo o passado. Isso só vai lhe trazer mais dor. Em vez disso, olhe para cima e encontre o Criador em sua vida. Procure pessoas como você, que desejam conhecer o Criador da vida, a fonte de tudo, e com elas, você certamente terá sucesso.

Boa sorte,
Michael

Meus Pensamentos No Twitter 14/09/20

Dr Michael Laitman TwitterOs cientistas não podem oferecer uma solução para o Coronavírus, não devemos confiar em uma vacina. Esta pandemia não é como as anteriores localizadas: estas não eram destinadas a corrigir a última geração, proveniente da força geral (Mashiach).
Hoje, ela está trabalhando em toda a humanidade pela primeira vez!

O mundo espiritual não é encontrado em coordenadas tridimensionais. Não tem eixos, mas é como uma esfera. Ao despertar uma única célula, ativamos, animamos toda a criação. Então veremos que todos os espaços infinitos do universo, todas as galáxias equivalem a nada, pois entraremos em dimensões completamente diferentes.

As combinações mais vibrantes e os aromas delicados, toda a beleza dos escrutínios é alcançada adicionando dezenas adicionais. Como em nosso mundo, existe uma base que é essencial, mas a beleza é alcançada graças aos acréscimos e especiarias que agregam sabor, aroma, cor.

As revelações do Criador acontecem tanto em níveis quantitativos quanto qualitativos. O poder da revelação é determinado por nosso sucesso em expandir nosso Kli, adicionando mais dezenas a ele. A qualidade da revelação também cresce; o Kli principal é revestido com outros adicionais, adicionando parciais à nota essencial.

Na medida em que nos unirmos na dezena, começaremos a sentir a necessidade de apegarmos mais e mais dezenas a nós, expandindo os limites de nossa unidade, porque esta é a única maneira de nos aproximarmos cada vez mais do Criador.

O ego (Faraó) se desenvolveu tanto que sua autoridade está se transformando de agradável em insuportável e, portanto, nos forçando a buscar uma maneira de escapar dela.

Do Twitter, 14/09/20

CURSO DE CABALÁ – OUTUBRO DE 2020

Resultado de imagem para centro de educação de CabaláCurso Introdução à Sabedoria da Cabalá

Outubro de 2020

Módulo Fundamental – 20 aulas

Abertura das Inscrições: de 09/09/2020 até 10/10/2020

Número de Aulas: 20 aulas 

20 aulas contendo Teoria e Interação (Perguntas e Respostas) aos Domingos e Terças feiras às 21 horas

Data de Início: 11/10/2020 – 21 horas (domingo-apresentação).Após inscrição o participante receberá instruções para acessar a sala de aula virtual.

Valor do Curso (módulo) – R$ 45,00

Forma de Pagamento – Pagseguro: cartão de crédito, débito, boleto 

Preencha formulário de inscrição clicando no link abaixo:

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO DO CURSO

(Clique Aqui)

Conteúdo Programático:

(01) INTRODUÇÃO AO CURSO, a Organização Bnei Baruch, o Instituro Arvut, Ferramentas, o que a Cabalá não é, Mitos, o que é, Linhagem de Cabalistas,

(02) FUNDAMENTOS DA CABALÁ, o que é a sabedoria da cabalá?, da ocultação à revelação, a lei do amor, o ponto no coração, história da sabedoria da cabalá, o plano da criação, bondade e beneficência, semelhança ao criador.

(03) PERCEPÇÃO DA REALIDADE, realidade ou imaginação?, os que sonham,  visões da física clássica, relativista e quântica, auto percepção:  “eu e o mundo”,

(04) REALIDADE, RAIZES E RAMOS, tudo depende da Intenção, Desejo e Intenção, Fora e Dentro, Ocultação, Amor e Doação versus Recepção, Aprendizado pelo desejo (não intelectual), Desejos do próximo, as línguas da cabalá, raízes e ramos, a luz que reforma, livros de cabalá.

(05) RECEPÇÃO E DOAÇÃO, o bem, o mal e a criação, o indivíduo e a sociedade do amor às criaturas ao amor ao criador

(06) LIVRE ARBÍTRIO, predeterminação e permissão, escolha do Ambiente, O “Cálculo”, Construção de entorno interno e externo, o ponto no coração.

(07) MUNDOS E ALMAS, cinco mundos, a luz cria o kli (vaso), tudo está dentro, a alma de Adam HaRishon (primeiro homem), de cima para baixo e de regresso.

(08) O TRABALHO PESSOAL, NÃO HÁ NADA ALÉM DELE, uma só força, o primeiro e o último, o anfitrião e eu, adesão e autonomia, se eu não me preocupar por mim, quem o fará? montar as partes da alma, verdade e mentira.

(09) O CAMINHO DA TORÁ E O CAMINHO DO SOFRIMENTO, o bem do mal, o que é bem?, Moral, Ética e Cabalá. Diferenças. Sociedade e Criador.

(10) ISRAEL E AS NAÇÕES DO MUNDO, ‘direto para ele’, “Israel” no homem, dois que são um, da babilônia até o estado de Israel, do exílio à redenção, interioridade e exterioridade, os propósitos da criação, meta da criação, a correção da criação.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS (CLIQUE AQUI)

O Que Determina A Transformação Da Sociedade?

023Pergunta: Como surgiu a sociedade de consumo? Afinal, o desejo de consumir foi criado artificialmente nas pessoas por meio da publicidade, da mídia de massa etc.

Enquanto no passado os exploradores pagavam às pessoas para que pudessem sobreviver, agora eles propositalmente pagam mais para que possam perambular nos shoppings. Certamente isso foi feito de propósito.

Resposta: É assim que o egoísmo do homem era usado. Agora ele assumiu outras formas. As pessoas mudaram. Hoje você pode fazer metamorfoses um tanto diferentes com elas.

Observação: Se os ricos deste mundo criaram esta sociedade de consumo, eles próprios devem mudá-la.

Meu Comentário: Esses capitalistas se foram. Eles também já são diferentes.

Comentário: Mas as pessoas que têm bilhões hoje podem criar uma nova sociedade da qual você está falando se virem benefícios para si mesmas.

Meu Comentário: Acho que isso não virá delas. Não espero nada de bom de pessoas que mantêm sua riqueza e poder. Elas não podem mudar porque foram criadas dessa forma.

Observação: É difícil entender como pode ocorrer a transformação da sociedade, senão a partir das alavancas que as autoridades e os ricos têm.

Meu Comentário: Ela vem de dentro. O próprio homem muda e muda a sociedade. Veja a nova geração, como ela difere da anterior. Levará mais alguns anos e tudo isso vai mudar de qualquer maneira.

Pergunta: Você acha que a economia muda porque as necessidades internas do homem mudam?

Resposta: O vírus nos ajudará. Ele vai acelerar esse processo.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavírus”, 04/06/20

Por Que Devemos Nos Elevar Acima Da Discórdia?

600.01Pergunta: Existem vários conflitos na natureza, especialmente no mundo animal. Por que, no nível humano, deveríamos nos elevar acima da discórdia? Vamos viver pela natureza!

Resposta: Somos descendentes do mundo animal, que subiram ao nível de Homem (Adam). Mesmo o nosso egoísmo não é o mesmo dos animais. Eles o têm instintivamente, dado a eles pela natureza, e eles não são capazes de mudá-lo. Eles só podem tirar o máximo proveito dele para seu próprio benefício.

Portanto, o nível animal não pode ser um exemplo para nós. O homem é um animal social. Para ser socialmente útil, ele deve se corrigir. Não há nada que possamos fazer aqui. Devemos fazer isso; caso contrário, não teremos futuro.

Comentário: Mas somos parte da natureza …

Minha Resposta: Somos parte da natureza apenas de acordo com nosso corpo animal, mas não de acordo com nosso egoísmo. Não confunda esses dois níveis em nós.

De KabTV, “A Era Pós-Coronavírus Era”, 21/05/20

Acenda A Luz No Universo

935Na medida em que estivermos conectados na dezena, começaremos a sentir a necessidade de adicionar mais e mais dezenas a nós e expandir os limites da nossa unidade, porque somente nesta forma podemos nos aproximar cada vez mais do Criador.

A revelação do Criador acontece de maneira quantitativa e qualitativa. A força da revelação depende de quanto podemos expandir nosso Kli adicionando novas dezenas, isto é, Partzufim. Ao mesmo tempo, a qualidade da revelação aumenta porque existe a entidade principal, o Kli principal no qual os Kli adicionais são vestidos, adicionando harmônicos ao tom principal.

As combinações mais retumbantes, as fragrâncias mais sutis, toda a beleza do escrutínio é obtida adicionando mais dezenas. Como resultado, começamos a sentir a espiritualidade. Assim como em nosso mundo existe algo simples, como uma base sem a qual nada pode existir, toda a beleza é alcançada por meio de adições, temperos, que em si não parecem tão importantes e fundamentais, mas dão todo o sabor, aroma e cor.

Essa não é uma adição simples, porque o mundo espiritual não existe em coordenadas tridimensionais – ela não tem nenhum eixo, mas é como uma esfera. Portanto, ao despertar uma célula, acendemos e vivificamos toda a criação. Então veremos que todos os espaços infinitos do universo, todas as galáxias são zero, porque entraremos em dimensões completamente diferentes.

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 09/09/20, “Trabalhar com Fé Acima da Razão”

O Que É Fé Acima Da Razão?

610.2O que é fé acima da razão? Por que precisamos anular nossas mentes e sentimentos a fim de entrar no mundo espiritual, e o que receberemos em troca? Essa é uma pergunta legítima porque a pessoa começa a sentir que deve mudar a si mesma e se transformar em outra coisa.

Se não podemos usar nossa mente corporal e ainda mais nosso coração egoísta no mundo espiritual, o que mais nos resta? Como podemos construir um Kli para sentir o mundo superior, para sentir o Criador, como formamos uma nova mente e sentimentos em um nível superior?

Vemos como os diferentes níveis de matéria humana, animal, vegetal e inanimada diferem uns dos outros, mesmo neste mundo. Cada nível de desenvolvimento é caracterizado por sua própria mente, sentimentos, forma, comportamento e liberdade de movimento. Quanto mais desenvolvida for uma criatura, maior será sua mente, sentimentos e capacidade de se conectar com o ambiente. E quando entramos na espiritualidade, entramos em um novo ambiente, um campo de forças de doação, não de recepção.

Existem quatro tipos de forças de recepção que são reveladas em nosso mundo. Existem três graus: inanimado, vegetativo e animado, e também humano, que é um estágio de transição para o próximo nível, o grau inanimado, vegetativo e animado do mundo espiritual. Adam, o homem do mundo superior, já está em um estado de adesão com o Criador.

Acontece que estamos nos movendo de um mundo para outro e devemos sair de nossa mente e sentimentos anteriores para conseguir isso. Isso não significa que ficamos sem mente e coração – recebemos uma nova mente e sentimentos, agora espirituais, que são construídos na força de doação, Bina. Bina é uma combinação do desejo de receber que vem de baixo com a luz superior que vem de cima. Juntos, eles constroem uma nova forma chamada Bina que está localizada no meio entre Keter e Malchut.

Desta forma, formamos uma nova percepção chamada fé (o grau de Bina) acima da razão, acima do nosso egoísmo, o desejo de receber. Construímos essa nova mente e sentimentos por meio de todos os tipos de formas de conexão entre nós. E nisso, “Eles ajudaram a cada um de seus amigos”. Quando saímos do nosso egoísmo mútuo, revelamos este grau de fé, ou seja, doando ao outro acima da razão, acima do sentimento egoísta do nosso “eu”.

No final, nesta aspiração, eu devo sentir todos, exceto eu mesmo. É como se meu “eu” não existisse; em vez disso, todo mundo existe, exceto eu. Então, vou sentir nesses outros a força superior, o Criador.

Apenas em conexão, no Kli único, a força superior única é revelada. Este trabalho começa com ações mecânicas aparentemente simples, com comunicação virtual. No entanto, ao fazer isso, expressamos nosso desejo de nos elevar acima de nossa mente e sentimentos atuais e adquirir uma mente e sentimentos comuns para que o Criador seja revelado dentro de nós, como está escrito: “Eu moro entre meu próprio povo”, entre todos aqueles que se unem em uma aspiração a Ele.

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 02/09/20, “Trabalho com Fé Acima da Razão”

Os Alemães Das Leis De Moisés, Parte 9

448.9Assimilação Em Vez De Ascensão Espiritual

Comentário: Hoje, a América tomou o lugar da Alemanha. Os judeus de lá seguem quase o mesmo caminho que seus colegas fizeram na Alemanha e na Espanha. Tudo volta.

Os judeus americanos estão bem estabelecidos e não pensam em nenhum outro lugar para morar além da América. Além disso, eles também desprezam Israel e não querem se associar a ele de forma alguma.

Minha Resposta: É a mesma coisa que aconteceu com os judeus na Alemanha. Os judeus americanos terão a oportunidade de partir, mas não a aproveitarão. Embora eles possam ir para qualquer outro país, eles não irão!

Pergunta: Estou tentando entender o que é assimilação. Afinal, não se trata apenas de parar para seguir tradições e ser como todo mundo. Qual é o significado interno de assimilação?

Resposta: É o fato de que os judeus mergulham na natureza de outras nações, sociedades e religiões, e não querem ouvir sobre seu propósito ou dever para com toda a civilização.

De acordo com a ciência da Cabalá, os judeus estão em dívida com todos. E as nações do mundo sentem isso. Se os judeus não estão empenhados em pagar a dívida, nem procuram calculá-la por si mesmos, então, naturalmente, o ajuste de contas virá.

Trata-se de uma assimilação interna. Os judeus, que já foram altruístas, que tinham um método espiritual que podia unir outras nações, de repente caíram no egoísmo e se tornaram como todos os outros. Isso é chamado de assimilação. E o que é exigido deles é a ascensão espiritual.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 12/08/19

A Chipização Não É Assustadora Para Nós

628.2Pergunta: Hoje em dia, as paixões sobre a chipização estão em alta: há um medo de que a implantação de chips comece para rastrear onde uma pessoa está, com quem ela se encontra e assim por diante. Mais cedo ou mais tarde, eles começarão a fazer isso. Do que exatamente as pessoas têm medo? Primeiro, isso certamente limita e mata a liberdade de uma pessoa. Você se torna completamente controlado. Em segundo lugar, quem vai se apoderar disso?

Como você se sente sobre esse fenômeno?

Resposta: Vamos pensar assim: O que há para escondermos, afinal?

Comentário: Mas você não negará que uma pessoa tem uma vida pessoal, uma família.

Meu Comentário: Mas o que pode ser privado nesta família? Que cuido da minha esposa, dos meus filhos, dos meus netos? O que há de tão anormal nisso?

Se tenho boas intenções, então, é claro, às vezes elas precisam ser escondidas de alguém, por exemplo, das crianças, a fim de garantir seu correto desenvolvimento gradual. Mas, em geral, por que devo ter medo?

A menos que eu roube, mate, trapaceie, trame o mal contra os outros, sou uma pessoa normal. Que todos saibam tudo sobre mim.

Mas meu relacionamento com o Criador – sim! Ninguém pode entrar nisso, apenas o superior.

E todo o resto, de natureza animal – sem problemas!

Observação: Mas existem segredos de estado.

Meu Comentário: Deixe o Estado cuidar disso, isso é problema dele e não tenho nada com que me preocupar. Sinto-me livre!

Pergunta: Isso significa que não me importo?

Resposta: Não! Esta não é uma atitude despreocupada. Eu só entendo que o homem é um pequeno animal que ainda precisa tentar se comportar corretamente. E, nessa medida, ele não tem nada do que se envergonhar. E na medida em que ele não pode se comportar corretamente, também não há nada do que se envergonhar! Porque é a sua natureza!

Comentário: O segundo ponto é muito importante: eu escondo minhas ações. Falando figurativamente, aqui eu roubo, ali menti para alguém e disse a verdade para outra pessoa. Esta é a minha vida, isto sou eu.

Meu Comentário: Não há nada de especial a esconder. Se todos estiverem tranquilos quanto a estarem abertos aos outros, o mundo ficará mais limpo.

Bem, eu menti um pouco em algum lugar, mas essa é a minha natureza. Prometi algo a alguém, mas não cumpri minha promessa. Pode ser desagradável, posso me sentir desconfortável, mas me perdoe, me faça um favor!

Comentário: Você pode imaginar que tipo de apoio você tira de pessoas que afirmam: “Eu nunca minto, sempre digo a verdade. Sempre vivi honestamente”.

Meu Comentário: Quão honestamente? Por quais critérios?! Se você pegar os livros de história de qualquer país, verá que tudo precisa ser reescrito. Mas como? Por outra mentira.

Cada um tem sua própria visão do mundo – como ele é. Isto é, até nos elevarmos acima do egoísmo, não temos nada com que nos preocupar.

No nível do egoísmo, tudo é mentira. E não há nada do que se envergonhar. A Cabalá diz sobre isso de forma muito simples: “Vá até o Criador que me criou”. Você tem alguma reclamação contra mim? Vá até Ele, Ele me criou, por isso ajo assim.

Então surge a segunda pergunta: Ele o criou assim e disse para você continuar assim, ou você pode mudar a si mesmo? Se você pode mudar a si mesmo, então já deveria ter vergonha das oportunidades que tem para se tornar uma pessoa responsável por si mesma, mas não as usa. Mas mesmo nesse aspecto há algumas exceções, alguma margem de manobra: “Bem, o que posso fazer? É o ambiente e assim por diante”;

Mas, ainda assim, o mais importante é sermos honestos para não mentirmos para nós mesmos! Isso está se tornando gradualmente possível. Uma pessoa se torna mais limpa, mais direta. Isso é chamado de “a verdade”.

E se não, deixe-os colar chips em qualquer lugar. Mas isso não é uma correção.

A questão é que, quer queiramos ou não, a natureza, o Criador, nos pressionará a esse respeito. E de repente nos encontramos com todos os tipos de chips, nem mesmo sabendo onde e como os engolimos. Nós os temos sob nossa pele, como dizem, e aqueles que precisam sabem tudo sobre nós. Aqui está o “irmão mais velho”, não se preocupe, ele sabe tudo.

Pergunta: Ou seja, chegaremos a este estado?

Resposta: Acho que ele já existe de forma prática.

Pergunta: Você sugere que simplesmente mudemos nossa atitude em relação a isso e pronto?

Resposta: Não, não se trata apenas de mudar atitudes. Significa mudar a nós mesmos! Então eu não me importo com o que eles pensam de mim. Deixe-os bisbilhotar.

É importante para mim mudar de tal forma que, sem nenhum chip, eu ficaria nu diante do Criador. Eu preciso sentir isso! E agir de acordo.

Comentário: Mas eu ainda preciso entender que o Criador existe.

Meu Comentário: O Criador é uma força comum da natureza que nos obriga a ser seres humanos! Ou seja, agir não por nós mesmos, mas por todos.

Pergunta: O vírus que se espalhou agora é, por assim dizer, um acelerador que leva exatamente a esse entendimento?

Resposta: Sim. É Ele quem faz a primeira “chipização”.

Pergunta: Quem nos chipa? Nas mãos de quem estou? Ok, o Criador – isso ainda precisa ser resolvido. Mas alguma pessoa má que tem más intenções, que quer governar a mim e ao mundo inteiro – é disso que as pessoas têm medo.

Resposta: Mas o Criador está acima dela também. Então, por que eu deveria considerar algum tipo de órgão governante, protetor e ditador? Por que eu deveria pensar sobre isso? Eu tenho uma conexão com o Criador.

Pergunta: Você sugere que uma pessoa passe pela autoridade deste mundo e se volte imediatamente para aquele que governa o mundo?

Resposta: Claro! Por que ficar neste nível? Afinal, é um pântano. Pare de prestar atenção neles, nisso você é livre.

Pergunta: Eu sou livre para ignorar as pessoas ao meu redor?

Resposta: Não aqueles ao seu redor, mas aqueles que supostamente controlam você. Não sinto que eles me suprimem! A liberdade é uma sensação interna. É por isso que não sinto.

Pergunta: Então você diz que devemos nos submeter a um chip com o Criador? É Ele quem me chipou.

Resposta: Sim. Eu estou conectado a Ele de qualquer maneira. Ele está em mim, em todas as minhas células, nos meus nervos, nos meus sentimentos e na minha mente – em tudo. Ele define tudo o que sinto. Ele define tudo o que penso, todas as minhas ações e decisões. Só preciso revelar isso – como ajo para que Ele aja em mim.

Observação: Se possível, você pode dar um conselho simples a uma pessoa comum sobre chipar, perda da liberdade e quem a controla.

Meu Comentário: Viva em silêncio e busque o Criador em você, como Ele está dentro de você, como Ele age, trabalha e controla você, e como você deve se relacionar com Ele nisso.

O Criador é a força superior geral da natureza.

Pergunta: E o que ela exige de mim?

Resposta: Que você leve em consideração que você é uma pequena parte dessa força que se preocupa com toda a natureza. Ou seja, você trata tudo e todos com essa consciência.

Pergunta: E como devo me relacionar com meu ambiente, com as pessoas próximas a mim?

Resposta: Quanto a um mecanismo geral e integral, que é benevolente com todas as suas partes e opera de acordo com o mesmo esquema – amor ao próximo, em uma direção.

Pergunta: Então não terei medo de qualquer chipização?

Resposta: Isso não é assustador de forma alguma.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 20/04/20

Gerenciamento Pelo Cérebro

024Comentário: Uma nova pesquisa sugere que o cérebro humano responde mais emocionalmente às ações negativas que as pessoas realizam e, portanto, é mais fácil culpar do que elogiá-las. Para elogiar uma pessoa, precisamos ativar a parte do cérebro que é responsável pelo pensamento analítico, enquanto para insultar e repreender os outros, emoções puras e sentimentos espontâneos são suficientes. Isso significa que o cérebro é o culpado por tudo. Por outro lado, você diz que o ego é o culpado por tudo.

Minha Resposta: O cérebro é apenas uma pequena máquina. Não produz nada. Mas, no final, quando lemos informações, vemos que é mais difícil dizer algo positivo sobre o outro do que dizer algo negativo.

Uma reação negativa é puramente emocional e as emoções são nosso ego direto, portanto, não precisamos de energia para usá-la. Por outro lado, chegar a conclusões positivas sobre outra pessoa é um ótimo trabalho interno, portanto, é claro que a pessoa não está inclinada a fazer isso.

Pergunta: Isso significa que todas as guerras loucas e inexplicáveis ​​que estão acontecendo agora são um choque de emoções.

Resposta: Claro!!! Não é lógico?

Comentário: E você precisa se elevar acima de suas emoções, mas imediatamente afirma que isso é impossível.

Minha Resposta: É impossível. Como podemos nos elevar acima de nossos sentimentos se eles são quem somos? Não somos seres humanos sem sentimentos, mas computadores, e não podemos operar dessa forma.

Pergunta: Isso significa que a humanidade entrará em conflito continuamente nessas guerras?

Resposta: Sim, a menos que mude seus sentimentos, não mudará seu ego e não o corrigirá. Portanto, estamos enfrentando a era da correção do ego. Não é um assunto simples, mas é claro e bom. Aqui, a sabedoria da Cabalá é revelada como o método de correção do ego.

Pergunta: Isso significa que tudo que precisamos é alcançar o reconhecimento do mal; é isso?

Resposta: Sim, isso é tudo. O que mais nós precisamos? Não há mal no mundo além disso. Tudo funcionará da melhor forma.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 18/12/18