Peculiaridades Do Nosso Tempo

laitman_222Pergunta: A história do desenvolvimento humano é a história do desenvolvimento de nossos desejos. Cerca de 3.500 anos atrás, o nível de desejos animalescos básicos por comida, sexo e família começou a se desenvolver.

Por 4.000 anos, até o século V E.C. (Era Comum), o desejo por riqueza tornou-se dominante na humanidade. Do século V ao XV foi o desejo de poder. Do século XV ao século XX foi o desejo de conhecimento. E desde o final do século XX e início do século XXI é o desejo de revelar o sentido da vida e realizar-se precisamente neste grau da pirâmide.

Qual é a peculiaridade do nosso tempo? O que significa realizar-se no último grau, no espiritual?

Resposta: O fato é que nossos desejos se desenvolvem gradualmente, de acordo com leis especiais. O grau mais alto é aquele em que estamos hoje. É realmente o mais elevado: o egoísmo empurra a pessoa a se realizar em equivalência de forma com o Criador, a se tornar como o Criador.

Por outro lado, a impossibilidade absoluta de conseguir isso é revelada em nós. E aqui chegamos à conclusão de que a tarefa de se tornar como o Criador não é resolvida diretamente, “de frente”, mas se desenvolve e é realizada de uma maneira diferente.

Todos devem receber as forças da natureza que o ajudam a mudar a si mesmo e construir uma estrutura acima de si mesmo chamada de “Homem – Adam“, “como o Criador – Adameh“. Afinal, somos animais em todas as nossas atividades normais.

E onde o homem que precisamos desenvolver se esconde em nós? Muito profundamente; é apenas um pequeno desejo que vem se desenvolvendo em nós há séculos, até que em nosso tempo começamos a senti-lo. E sua realização vem de uma maneira muito interessante: não devemos desenvolver nossa natureza egoísta original, mas mudá-la para a oposta, altruísta. Esta é a equivalência de forma com o Criador.

Se você quer ser humano, deve se virar do avesso, renunciar à existência animal e às predileções humanas. Renuncie a todos os valores atuais, como riqueza, poder, fama e conhecimento, e prefira apenas uma coisa a isso – o estudo do Criador e a equivalência de forma com Ele.

De KabTV, “Habilidades de Gestão”, 25/06/20

Comente