Quem Interrompe A Conexão Integral Na Natureza?

Laitman_707Baal HaSulam, “A Liberdade”: Vale a pena levar algum tempo para entender uma coisa tão importante, ou seja, como existimos no mundo como seres com um “eu”, onde cada um de nós se considera uma entidade única, agindo de acordo com suas forças próprias, independentes, externas, estranhas e desconhecidas, e no que esse ser – o eu – se revela para nós.

Nós precisamos fazer grandes esforços e gastar muito tempo para entender onde moramos, o que nos afeta e o que podemos fazer conosco. Primeiro, precisamos lidar com esse problema e depois como resolvê-lo.

É verdade que existe uma conexão geral entre todos os elementos da realidade diante de nós, que obedece à lei da causalidade, por meio de causa e efeito, avançando. E como o todo, assim é cada item por si, o que significa que toda e qualquer criatura do mundo, dos quatro tipos – inanimado, vegetativo, animado e falante – obedece à lei da causalidade por meio de causa e efeito.

Nós estamos em um sistema que se desenvolve de acordo com a lei de causa e efeito, uma lei clara e precisa, assim como todas as leis da natureza. Precisamos aprender e observá-las, e tentar ver como implementá-las na prática, a fim de se parecer com elas.

Ao aprender e explorar as leis da natureza, começamos a entender que somos completamente opostos a elas. Ao revelar as leis da natureza, vemos que existe uma interdependência absoluta de todos os diferentes componentes do sistema. Os níveis da natureza inanimada, vegetativa e animada estão totalmente ligados um ao outro. Embora nos pareça haver uma luta entre eles e destruição mútua, na verdade há uma interdependência harmoniosa entre eles.

É sobre isso que devemos falar, discutir e entender, mas essa é a situação. Existe uma conexão integral clara e precisa entre todas as partes da natureza. Somente o ser humano vai além dessa estrutura com seu egoísmo.

A razão pela qual somos uma exceção à natureza integral é o nosso ego. É por isso que fazemos o que queremos. Queremos gerenciar nossas vidas sozinhos. Como devemos escurecer nosso “eu” para que, em nosso nível humano, também existamos de maneira totalmente integral, como toda a natureza? Essa é a pergunta que precisamos fazer e examinar.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 17/11/19

Comente