Oposição À Unidade, Parte 9

laitman_933Ser Escolhido É Determinado Pela Vida

Pergunta: Diferentes movimentos dentro do povo judeu têm uma percepção diferente do termo “povo escolhido de Deus”. Alguns deles acreditam que o cumprimento dos preceitos religiosos é suficiente e, assim, eles trazem alegria ao Criador.

Outros afirmam que os judeus deram a economia, a moralidade, a ciência e a arte ao mundo, e nisso somos escolhidos. Isto é, o Criador nos deu cérebros e, com isso, beneficiamos o mundo inteiro.

Outros ainda estão tentando abolir esse conceito de povo escolhido de todas as maneiras possíveis, afirmando: “Somos como todo mundo. Não existe povo escolhido”.

E os Cabalistas argumentam que o povo escolhido de Deus deve ensinar a todos a unidade correta.

Como uma pessoa pode entender o que significa ser um povo escolhido?

Resposta: Eu acho que não há necessidade de pensar muito sobre isso. Ser escolhido é determinado pela nossa vida de geração em geração.

Embora a humanidade esteja avançando, se desenvolvendo, se tornando mais racional e entendendo que não há nada do povo escolhido em nós, sentimos implicitamente que estamos separados de toda a humanidade, que somos escolhidos. Para o bem ou para o mal, isso não importa, mas nós somos. Nada pode ser feito sobre isso.

Nossa peculiaridade é que devemos trazer ao mundo um grande significado ético, cósmico e espiritual: por que existimos e o que devemos alcançar.

Mas, para cumprir essa tarefa, precisamos alcançar, revelar, o significado da existência de toda a humanidade e do povo judeu na humanidade: que propósito devemos alcançar, que papel desempenhar, como disseminar esse conhecimento e como trazer a humanidade conosco.

Em princípio, é exatamente isso que a humanidade espera de nós. Esperemos que nós mesmos nos tornemos conscientes disso e que possamos explicar isso aos outros.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 29/07/19

Comente