“O Que Você Pensa Sobre A Reencarnação?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: O Que Você Pensa Sobre A Reencarnação?

Há duas maneiras de pensar sobre a reencarnação: em relação ao desenvolvimento da alma, ou seja, a ascensão deste mundo para o mundo espiritual, e também como a sucessão de gerações neste mundo.

Em relação a esta última, a reencarnação é a passagem de informações genéticas, materiais, perceptivas e sensoriais de uma geração para a outra.

Por exemplo, os filhos da geração atual contêm informações acumuladas por suas gerações anteriores. É por isso que as crianças de cada geração podem rapidamente descobrir como utilizar a tecnologia e as ferramentas de sua geração.

Portanto, o desenvolvimento da humanidade se desenvolve como uma sucessão de gerações, onde transferimos o progresso material em ciência, tecnologia, arte e cultura, bem como os avanços psicológicos e uma mensagem humana interior, para cada geração sucessiva.

Em termos de nossa ascensão deste mundo para o mundo espiritual, a reencarnação parte de quando sentimos o despertar de um desejo espiritual.

Tal desejo é expresso como perguntas sobre o sentido e o propósito da vida.

A Cabalá descreve este desejo como a semente de nossa alma, e o chama de “ponto no coração”.

Dependendo do quanto sentimos tal desejo, ele nos impulsiona a procurar por meio de vários professores e ambientes até encontrarmos um que sentimos que possa nos guiar para atingir nossa raiz espiritual.

Atingir nossa raiz espiritual, segundo a Cabalá, é o propósito de nossa vida.

Ao atingirmos nossa raiz espiritual, recebemos respostas claras às perguntas sobre o sentido e o propósito da vida, pois elas se tornam expressas em nós como sensações de realização do mundo espiritual, onde nossa percepção se abre para a completa realização e conhecimento que existe acima do nível de nosso mundo atual, em nossa alma.

A jornada para desenvolver nosso desejo espiritual e alcançar a realização de nossa raiz espiritual é através de uma série de reencarnações espirituais, até chegarmos ao nosso destino final de onde emergimos.

Ao fazer isso, completamos nosso ciclo de reencarnação.

Os Cabalistas explicam como um processo desse tipo pode levar muitas vidas. Assim, se interrompermos esta jornada, voltaremos a ela em vidas futuras até chegarmos finalmente à raiz de nossa alma.

Até que nos seja concedido um desejo espiritual, acumulamos sofrimento através do processo de reencarnação anteriormente mencionado, no nível deste mundo.

Quanto mais sofremos em nosso desenvolvimento, mais ele nos leva a fazer perguntas existenciais, diferenciando nosso desejo espiritual de nossos outros desejos e acrescentando ao nosso anseio de nos elevarmos acima deste mundo e alcançarmos nossa raiz espiritual.

Comente