O Difícil Caminho Da Humanidade

laitman_293Pergunta: Qual é o caminho correto para a humanidade?

Resposta: A fim de alcançar uma interação absoluta entre si, até o amor. A sabedoria da Cabalá fala sobre isso. Isto é o que Abraão queria ensinar às pessoas. Daí vieram todas as religiões que mancharam sua reputação e, como resultado, todos os postulados permaneceram apenas no papel.

Onde a ONU, a UNESCO e outras grandes organizações são chamadas para de alguma forma cuidar das pessoas no mundo? Afinal, até corrigirmos o egoísmo, nada de bom acontecerá. E para corrigi-lo, obviamente, precisamos de uma ação cirúrgica aguda.

Pergunta: Que passos práticos você vê nesse difícil caminho? Cada país deve trabalhar nisso separadamente ou deve ocorrer algum tipo de reunião em que todos os Estados chegarão a uma decisão comum?

Claro, as pessoas vão concordar com você. Eu não acho que existem muitas pessoas que se oporiam a viver apaixonadas, como uma família. Mas como fazer isso na prática? Que medidas os países devem tomar?

Resposta: O primeiro passo é perceber a necessidade de educar uma pessoa. Para criar um sistema de reeducação, já temos uma base relativa. Hoje, tudo é realizado via Internet e chega a qualquer pessoa sem problemas.

Precisamos descobrir claramente quais empresas são realmente necessárias para nossa existência normal. Cada família deve ter um apartamento, comida, roupas, segurança e remédios. Isto é, tudo que você precisa. Mas nada mais. Isto é o que a ciência da Cabalá diz.

E tudo o mais deve ser gasto em nossa reeducação. Por exemplo, metade dos oito bilhões de pessoas pode ser liberada de todo o trabalho ou trabalhar alternadamente. Elas se envolverão em aprendizado e redes práticas entre si.

Essa se tornará uma ocupação obrigatória para a qual as pessoas receberão uma bolsa ou subsídio no nível dos demais trabalhadores.

Devemos começar a implementar isso, porque sem isso não sobreviveremos na Terra.

Pergunta: O que deve levar as pessoas a se unirem?

Resposta: A consciência ou o sofrimento.

Pergunta: E quem tem que tomar decisões? Os líderes atuais? Ou os países nomearão novas pessoas que entenderão a importância e a necessidade de mudanças tão drásticas?

Resposta: Nenhum deles será capaz de reeducar a sociedade, porque nada de novo pode ser esperado dos egoístas. Eles ainda empurrarão seus sistemas – o que há em sua mente e alma.

As decisões devem ser tomadas de maneira abrangente, juntamente com todos, ricos e pobres; caso contrário, o mundo não sobreviverá. Na forma atual, não tem o direito de existir dentro da estrutura da natureza geral, pois agora ela está nos mostrando sua absoluta integralidade.

De KabTV, “ Situação Internacional Atual”, 18/06/20

Comente