Meus Pensamentos No Twitter 26/07/20

Dr Michael Laitman Twitter

Parece-nos que os governos são os responsáveis ​​pelo que está acontecendo, como se fossem obrigados a monitorar tudo como educadores. Devíamos obedecer às instruções deles? Onde está a liberdade? Se não a ditadura, apenas o oposto – a educação universal – pode construir uma sociedade saudável.

Estamos em um desenvolvimento egoísta há milhares de anos. O velho morreu ao dar à luz o novo. Hoje, devemos perceber que as relações egoístas são nosso verdadeiro inimigo. Elas devem ser substituídas pelos seus opostos. Embora elas sejam contrárias à nossa velha natureza, precisamos alterá-las.

Não há nada espiritual em nosso mundo, exceto o grupo. Se for muito difícil participar, me curvar e me anular, terei uma subida muito alta com a ajuda de meus amigos. O grupo é como um disco voador, elevando-nos deste mundo ao nível do mundo espiritual.

Neste mundo, não vejo nada do Criador, do mundo espiritual superior. Mas entro no grupo Cabalístico e começo a perceber que ele me é dado como o sistema superior em que posso entrar. Do mundo espiritual, uma “carruagem” desce em minha direção, o que me eleva ao mundo espiritual.

Cientistas do @UMNews: o #coronavírus SARS-CoV-2 não será derrotado. Assim, temos que conviver com ele. Isso significa que mais cedo ou mais tarde as pessoas descobrirão que, de todos os truques, apenas a proximidade mútua (não física) remove todos os problemas. O mal interior remove o mal exterior.

O chefe da @OMS @DrTedros alertou: Não voltaremos ao “velho normal”.
O mundo deve passar por estados que levarão os #judeus e, em seguida, o resto das nações à percepção da necessidade de se unirem dentro de si e depois com todos. Somente o objetivo da unidade interna conquistará o #coronavírus .
#Saúde

A importância da espiritualidade aumenta e diminui, mas é essencialmente expressa na atitude da pessoa em relação ao grupo. É assim que o vaso espiritual (Kli) é construído. Isso vai contra o nosso desejo do ego, contra a nossa natureza, todas as nossas realizações desaparecem em um instante, são apagadas. Todos os dias começamos tudo de novo.

É precisamente porque sempre partimos do zero que podemos adicionar ao que tínhamos antes. Se hoje começássemos no auge alcançado ontem, não seríamos capazes de mantê-lo.

Todos os dias eu esqueço o estado de ontem e não me lembro da importância que vi nos amigos, no trabalho em grupo, nas relações entre nós. Eu começo do zero, mesmo em menor grau, em completa rejeição. Portanto, é mais fácil para eu trabalhar. Todos os dias, meus esforços são novos!

Do Twitter, 26/07/20

Comente