Homem – O Violador Da Harmonia

laitman_752.2Baal HaSulam, Introdução ao Livro do Zohar: Não devemos ponderar o estado de descanso dos seres no mundo além do homem, pois o homem é o centro da criação, como será escrito abaixo no Item 39. Todas as outras criaturas não têm qualquer valor em si, mas na medida em que ajudam o homem a alcançar sua totalidade. Portanto, elas se levantam e caem com ele sem nenhuma consideração de si mesmas.

Pergunta: Se a queda e a crise ocorrem no nível da natureza inanimada, vegetativa e animada, essa natureza cai junto com o homem? Onde está o papel do homem nisso? Ou ele está apenas nesse ambiente colhendo os benefícios?

Resposta: O homem está neste ambiente como organizador dessa queda. A própria natureza é integral. Seus níveis inanimado, vegetativo e animado estão interconectados e em perfeita harmonia.

E o homem viola essa harmonia com seu egoísmo. É ele quem devemos corrigir e depois conectar com toda a natureza na mesma imagem geral integral, para complementar um ao outro em paz, em harmonia um com o outro e com todos os níveis da natureza. As forças da natureza nos empurram para isso.

Se entendermos isso rapidamente e fizermos tudo o que precisamos, não haverá vírus nem problemas. E se empurrarmos, inflarmos e apenas saciarmos nosso egoísmo, a natureza inevitavelmente causará todos os tipos de problemas com suas reações agudas.

Esses problemas nos mostrarão que devemos nos anular, nos unir, não abusar da natureza, o que ainda nos levará ao equilíbrio, mas por pressões, crises e golpes.

Mas eu espero que as pessoas, no entanto, aprendam e ouçam o que a sabedoria da Cabalá diz sobre isso. Então realmente nos endireitamos.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 10/05/20

Comente