“Como Você Acha Que A Pandemia De Coronavírus Pode Mudar Permanentemente A Vida Nos Estados Unidos?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Como Você Acha Que A Pandemia De Coronavírus Pode Mudar Permanentemente A Vida Nos Estados Unidos?

Considerando que nossos valores, desejos, comportamentos, ansiedades e respostas são altamente influenciados por nossa sociedade circundante, não resta dúvida de que o coronavírus e as mudanças que ele introduziu no mundo impactaram significativamente nossas vidas.

No início do surto, a maioria pensava nele como um fenômeno temporário, que a vida que vivíamos voltaria ao normal logo depois. Hoje, no entanto, já vemos que isso durará muito mais tempo e que mudanças permanentes devem surgir.

Quais serão essas mudanças permanentes?

A pandemia nos fez reavaliar o que é e o que não é essencial em nossas vidas. Hoje, mesmo que tenhamos o “privilégio” em nossas áreas de poder ainda ir a bares, restaurantes, shoppings, academias e voos, muitos pensam duas vezes antes de partir.

Para começar, o período de lockdown pelo qual passamos acalmou os hábitos consumistas.

Além disso, a incerteza econômica sobre se haverá outro lockdown faz com que muitos reconsiderem onde gastam seu dinheiro.

É como se o coronavírus nos fizesse sair da esteira materialista que estávamos correndo antes do surto e começássemos a caminhar por nossas vidas em um ritmo muito mais lento.

Nós descobrimos uma nova interdependência e confiança mútua para manter nossa saúde, pois dependemos uns dos outros para manter certas condições para diminuir nossas chances de pegar o vírus.

Quanto mais tempo o coronavírus afetar nossas vidas, mais perceberemos que uma mudança permanente está próxima: uma mudança do uso um do outro e da ecologia em nome do lucro pessoal e do sucesso individual, para um estilo de vida mais equilibrado, mantendo-nos mais perto de nossas casas, de nossas famílias e de repensar nossa influência mútua sobre a sociedade.

Se nos relacionarmos com o coronavírus como uma lição da natureza – uma lição para nos tornarmos mais atenciosos e responsáveis ​​uns com os outros, acabando com nossos impulsos consumistas excessivos que nos distanciaram um do outro e da natureza – e, em vez disso, focarmos nossas fontes de prazer, não naquilo que uma sociedade materialista promove para nós, mas, ao desenvolver conexões positivas entre si, faríamos bom uso desse período e experimentaríamos suas mudanças permanentes de maneira positiva.

No entanto, se tentarmos teimosamente manter o estilo de vida pré-coronavírus, sofreremos cada vez mais. Isto é, deixaríamos de aprender com a sugestão da natureza sobre o que precisamos mudar e, portanto, a natureza teria que nos dar lições mais duras para nos despertar para nos relacionarmos positivamente com nossa nova interdependência mais estreita.

Comente