Caminho Estreito “Entre Os Estreitos”

629.4A contagem regressiva do período de três semanas, chamado “entre os estreitos”, ou seja, através da adversidade, através de um corredor estreito e doloroso, começou. Este tempo refere-se à destruição do Templo. Não se trata de um edifício material que desabou em Jerusalém, mas de um Templo espiritual.

O tempo material é a impressão de um tempo espiritual; portanto, em nosso mundo, existem datas simbólicas que têm raízes espirituais.

O tempo entre os estreitos simboliza um estado espiritual no qual tivemos que suportar a pressão espiritual, mas não conseguimos resistir e fomos quebrados, ou seja, o Templo foi destruído, a tela espiritual, o muro. E hoje nos lembramos dessa ruína.

Dizem que “todos os dias em que o Templo não é restaurado, é como se caísse de novo”. Isso é até que construamos novamente o Templo, nosso vaso espiritual (Kli), com dez Sefirot interconectadas e prontas para reter dentro a luz de Hochma, a maior luz. A luz de Hochma preencherá o Kli, e isso significa que o Templo é restaurado.

O Templo deve ser construído em nossos corações, em nosso desejo comum, não a partir de pedras. Será o Terceiro Templo, perfeito. O primeiro e o segundo Templos foram construídos por um pequeno grupo que saiu da antiga Babilônia e passou pelo exílio egípcio. Então eles foram destruídos, como deveria acontecer.

Mas nós construiremos o Terceiro Templo junto com o mundo inteiro, internamente, em corações e desejos, preenchendo-os com a perfeita revelação do Criador, a luz de Hochma. Com esse Templo, esse estado existirá para sempre porque envolve todas as almas que estão fazendo todas as correções e estão completamente cheias do Criador.

Precisamos chegar a isso e, de acordo com os sinais agora revelados, estamos muito próximos desse estado. Isso não deve levar muito tempo, precisamos apenas nos reconstruir internamente para que haja apenas um desejo.

Em todos os estados revelados, é preciso se esforçar para se unir como uma pessoa com um coração. Nada mais é necessário, apenas tente o nosso melhor, como se esta fosse nossa última chance de salvação do egoísmo.

Da Lição Diária de Cabalá 09/07/20

Comente