“Alguém Acredita Em Reencarnação?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Alguém Acredita Em Reencarnação?

Ao discutir a reencarnação, precisamos entender que nossos corpos são organismos animalesco que vivem e morrem como animais.

Eles nascem, suportam períodos de crescimento, maturação, morte, decadência e depois se retiram para seus elementos básicos.

Durante todo esse processo animalesco de vida e morte, nossas qualidades internas permanecem intocadas.

Essas qualidades internas são a alma.

A alma pode ser pensada como um campo em que todos estamos conectados em um único pensamento e intenção.

As qualidades da alma são onipresentes fora das vistas, sons, cheiros, toques e gostos que compõem nossa percepção atual.

A reencarnação é o processo de surgimento da alma em novos corpos, uma e outra vez.

É um processo que os Cabalistas observam e testam há mais de 5.000 anos.

Os Cabalistas descrevem o processo de reencarnação em seus textos que descrevem a estrutura e os processos da realidade.

O que a Cabalá acrescenta, no entanto, não são apenas descrições sobre reencarnações e como elas funcionam na natureza, mas mais significativamente, ela fornece um método pelo qual qualquer pessoa pode se elevar acima da percepção corporal do mundo – o que percebemos e processamos através dos cinco sentidos da visão, audição, olfato, tato e paladar – e entrar na percepção e sensação da alma eterna.

E o aspecto mais significativo sobre esse método é que ele é feito enquanto a pessoa está viva em seu corpo atual.

Em outras palavras, a Cabalá explica como a reencarnação funciona não a partir de uma perspectiva teórica, mas a partir da prática de quem deseja implementar seu método.

Enquanto estamos vivos em nossos corpos atuais, podemos aprender a nos elevar acima deles – em nossa percepção e sensação – para descobrir a alma.

A Cabalá é um método prático que permite que qualquer um de seus alunos descubra essa realidade.

Aqueles que progridem na conquista de suas almas, usando o método da Cabalá, obtêm conhecimento sobre suas reencarnações, não apenas teoricamente, mas como experiência prática de uma jornada interior para uma realidade cada vez mais expansiva.

Comente