Mundo Espiritual: Apreciando a Ação

laitman_608.02Baal HaSulam, “Tu Me Cercaste Por Trás E Pela Frente”: Isso significa que todo o caminho da criação que o Criador criou é considerado como dois opostos em um assunto, e todas as combinações no mundo foram feitas dessa maneira, e isso é o todo do ato da criação.

Portanto, nada desaparece no mundo espiritual; tudo permanece. É um mundo eterno, perfeito e sempre crescente.

Pergunta: No mundo material, o prazer é obtido apenas como resultado de uma ação e, portanto, se pudéssemos, teríamos o prazer de desistir da própria ação. Mas no mundo espiritual, a ação em si é o prazer e não tem nenhuma conexão com o resultado?

Resposta: Claro.

Observação: Mas em nosso mundo, também existem prazeres quando uma pessoa está pronta para fazer algo pelo bem de outra.

Meu Comentário: Se houver amor. Meu professor deu um exemplo. A rainha da Inglaterra deseja alimentar seu filho pequeno? Ela alimenta. Ela realiza isso? Ela realiza.

Mas ela tem mil ajudantes, deixe-os fazer isso. Não, ela quer alimentar a criança sozinha porque há amor. Qualquer ação, se acompanhada de amor, dá prazer. E vice-versa.

Pergunta: Essa indicação pode servir como uma verificação para uma pessoa?

Resposta: Claro. Portanto, mesmo em nosso mundo, nós realizamos um grande número de ações com o desejo de agradar a outros, e então as próprias ações nos trazem prazer.

Pergunta: Isto é, se eu quiser verificar se estou em equivalência de forma com o Criador, não devo esperar um resultado, pois a própria ação deve me trazer prazer?

Resposta: Absolutamente.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 10/06/19

Comente