Contando Com O Coronavírus

laitman_963.6Comentário: A pandemia de vírus que se espalhou pelo Oriente Médio repentinamente conectou países que se odiavam.

Israel está ajudando a Autoridade Palestina, e eles estão felizes em aceitar nossa ajuda. O Irã anunciou que é possível usar medicamentos israelenses, o que anteriormente não era o caso. Parou suas operações na Síria e no Líbano. De repente tudo parou.

O problema do Oriente Médio, que muitos tentaram resolver, mas ninguém conseguiu, de repente agora é resolvido pela pandemia de coronavírus. As pessoas dizem: “Olha, é assim que você pode resolver o problema do Oriente Médio”.

Minha Resposta: Claro que pode ser resolvido. Dê a eles um pouco mais de sofrimento e todos vão querer se livrar dele, mesmo que parem de culpar um ao outro e lutar.

O humano é um ser muito fraco. Ele é apenas fanfarrão: “Aqui estou eu! Eu não ligo!” Isso porque lhe disseram que ele teria um mundo futuro, que se ele se matasse agora, ele seria encontrado na porta da morte por todo o resto. Mas, de fato, se mostrarmos a ele um pouco mais claramente o que é, ele entenderá que tudo é inventado para que ele morra em paz.

Eu acho que o vírus desempenha um grande papel positivo aqui.

Pergunta: Como podemos garantir a paz aqui e agora? E não haverá terroristas, nem mesmo declarações?

Resposta: Lentamente eles vão se acostumar. O vírus precisa permanecer por perto e continuar seu trabalho educacional.

Pergunta: Uma pessoa terá construído dentro de si que é possível viver assim?

Resposta: Primeiro, o hábito se torna uma segunda natureza e certamente ajudará nisso.

Em segundo lugar, as pessoas ainda entenderão que precisam fornecer seu pão diário para si e não apenas lutar. Além disso, todos os grandes países deixarão de apoiar e incitar terroristas locais. Qual é o objetivo? Eles mesmos terão muitos problemas.

Um desafio muito sério está chegando para a América, Europa e China. Uma onda séria, eu diria que um tsunami, está se aproximando desses países.

A política mudará, os regimes mudarão. As pessoas se tornarão diferentes, mais maduras. Elas não vão pensar em ter alguns bilhões de dólares em um banco em algum lugar da Suíça e se gabar de iates e outras coisas.

Você verá o que acontece depois que esse vírus passar. Haverá um grande número de profissões desnecessárias e completamente prejudiciais, todos os tipos de fábricas, indústrias e transporte internacional desaparecerão.

Tudo isso ficará de lado; haverá uma reavaliação de valores. Não precisamos de 80% do que a China faz.

Pergunta: Os bilhões loucos gastos na corrida armamentista, em estoques de armas nucleares e de hidrogênio, pararão? Haverá o entendimento de que ninguém precisa de tudo isso?

Resposta: Este entendimento virá.

O que posso ter por essas ogivas? Assim, ameaçando, guardo meu regime, guardo minhas fronteiras. Para que elas servem não é claro.

O consumidor de tudo supérfluo desaparece. Permanece um ambiente normal que diz: “Coma, vista e trabalhe o quanto for necessário para que você possa ter isso, e pronto. É isso aí! E o resto do tempo, comece a entender a natureza em que você existe para que não haja diferença entre vida e morte”.

Pergunta: Em outras palavras, você não precisa capturar ninguém. Esse ódio pelos outros não é necessário. É isso que você quer dizer?

Resposta: “Veja seu mundo futuro enquanto você ainda está vivo neste mundo”. Você não pode comprar isso por nada, nenhum pedaço de papel verde pode comprá-lo. Você apenas precisará queimá-los com cuidado, para não entupir os oceanos ao jogá-los lá.

Comentário: E se falarmos do ódio que estava queimando aqui, por exemplo, em nosso país [Israel].

Minha Resposta: E não existirá mais, porque é através da correção do ódio entre nós que todos acham a coisa mais importante, o mundo superior.

O que realmente vale a pena ganhar é algo permanente, especial, eterno e perfeito, e não algo que você precisa executar todos os dias para renovar, ganhar, exibir e sofrer com o fato da grama de outra pessoa ser mais verde.

Pergunta: Você realmente acredita que esse período está se aproximando?

Resposta: O homem é um egoísta. Falo apenas com base no egoísmo. Se ele sabe que alguém sente o mundo superior, adquire coisas que não desaparecem com a pessoa quando ela morre, mas permanecem com ela nesta vida, na morte e após a morte – isso mudará tudo.

Dessa maneira, podemos restaurar uma atitude saudável em relação ao mundo comum – este, o superior, o próximo – ao nosso estado comum.

Pergunta: Então a paz pode chegar à Terra? E você prevê que este período está se aproximando?

Resposta: Sim. Estou contando com o vírus.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 23/03/20

Comente