Um Final Feliz Para A Humanidade

laitman_629.1O coronavírus nos privou de confiança no futuro, ele está coberto de neblina. Não se sabe o que acontecerá comigo e com minha vida amanhã ou em um mês, o que acontecerá no trabalho e em casa.

Como alguém pode viver em um mundo tão imprevisível? Mas essa imprevisibilidade se deve ao fato de estarmos tentando abordar o novo mundo com velhos padrões egoístas, enquanto ele gradualmente aparece diante de nós como uma miragem no deserto.

Ele está cada vez mais perto, mas ainda não conseguimos vê-lo corretamente, porque ainda nos tratamos egoisticamente. Era como se estivéssemos andando por uma estrada e de repente entramos em uma cidade desconhecida, onde algumas relações estranhas entre os moradores são incompreensíveis para nós. O que nos surpreende é o que acontece lá.

É isso que estamos vendo agora. Não percebemos que entramos em uma nova era e a natureza exige que tenhamos relações completamente novas de acordo com a lei do ame ao próximo como a si mesmo, para a unificação das pessoas. Estamos perplexos com o que eles querem de nós, como filhos a quem a mãe diz: “Parem de brigar, sejam bons filhos! Por que vocês não podem brincar juntos?

Mas eu não posso, minha natureza exige conflitos e brigas o tempo todo; essa é a única maneira que sinto que isso é vida. E não importa o quanto minha mãe me reprove, eu não quero ouvir, e fujo e quero entrar na briga de novo. Esta é a humanidade de hoje.

Mas como alguém pode se convencer a mudar e curar de uma nova maneira? Afinal, assim que construirmos uma rede de comunicação entre nós com base em doação mútua, amor e unidade, veremos imediatamente onde estamos. De repente, nos encontramos em um mundo completamente diferente que não tínhamos percebido antes.

Assim, as crianças correm uma atrás da outra entre os adultos, sem prestar atenção neles, como se fossem móveis. As crianças têm suas próprias contas e os adultos apenas interferem nelas. De repente, as crianças crescem e compreendem que há um novo significado, novos relacionamentos, outro programa, um objetivo grande e elevado, que também vale a pena buscar. Este é o estado em que estamos hoje.

Este é um período muito importante e, embora se manifeste na forma de uma epidemia, não deve nos prejudicar. Eu acho que o coronavírus mudará radicalmente a humanidade.

Todos acabamos na mesma condição e vamos começar a mudar gradualmente de ódio e competição mútuos para comunicação e apoio mútuos. Começaremos a nos relacionar com a vida e nosso mundo de forma global e integral, como a natureza nos ensina, e dessa forma essa história chegará a um final feliz para todos nós: nós mesmos e nossos filhos.

De KabTV “O Mundo”, , 12/03/20

Comente