Sementes Do Exílio, Parte 6

laitman_748A Consequência do Não Cumprimento da Lei do Amor ao Próximo

Pergunta: Durante a destruição do Segundo Templo, um ódio infundado apareceu entre os estudantes do Rabino Akiva, e todos os 24.000 estudantes morreram por causa disso. Isso é uma alegoria ou não?

Resposta: Não, eles realmente morreram. O rabino Akiva ensinou-lhes a lei do amor ao próximo, mas eles não puderam permanecer nela.

Tal egoísmo surgiu entre eles que eles começaram a fazer cálculos egoístas em relação um ao outro. Obviamente, sua condição não pode ser comparada com o estado atual entre os crentes. Eram pessoas de um tipo completamente diferente – ótimas pessoas. Mas o egoísmo no nível deles se manifestou tanto que os levou à morte.

Pergunta: Pode-se dizer que, como resultado desse ódio, a rebelião de Bar Kochba foi esmagada e, portanto, o povo não pôde restaurar a independência?

Resposta: Naturalmente. Essas foram as maiores pessoas daquela época, os representantes espirituais do povo. Se o espírito deles caísse em ódio, o povo não teria oportunidade de existir mais.

Observação: O mais interessante é que o ódio infundado surge precisamente entre aqueles que devem se envolver na unificação e difundir a ideologia espiritual do povo. O ódio sempre se manifestou entre reis, sacerdotes, entre a elite, entre os sábios, não entre as pessoas comuns.

Meu Comentário: Sim, as pessoas comuns realmente não participaram disso.

De KabTV, “Análise Sistemática do Desenvolvimento do Povo de Israel”, 08/07/19

Comente