O Papel Espiritual Das Mulheres, Parte 6

Laitman_632.3A Parada Final É Chegar À Raiz Da Sua Alma

Pergunta: Quais são as especificidades da aquisição da propriedade de doação para uma mulher?

Resposta: As mulheres têm um tipo especial de alma, diferente dos homens. Não se pode dizer que, na Cabalá, é melhor ou pior ser homem ou mulher. De fato, de acordo com a propriedade da alma, todas as outras condições são dadas a uma pessoa: família, cônjuge, trabalho e tudo o mais que lhe acontece.

Eu não acho que precisamos entender isso particularmente. Se eu nascesse mulher, é claro que teria outras propriedades, outras funções, um destino diferente. Mas você nem deve se preocupar com isso, porque a parada final no destino de cada pessoa é a mesma para todos: alcançar a raiz da alma.

Portanto, independentemente de você ser mulher ou homem, todos têm sua própria raiz da alma, que todos ainda devem discernir e compreender. Não importa quem você é no momento. Não há espaço para perguntar quem é mais ou menos afortunado.

O Criador é totalmente justo. Não há preferência por um ou outro. Uma pessoa pode ser, por exemplo, uma trabalhadora na África, e ainda a propriedade e o estado finais de sua alma estão no mesmo nível de todos os grandes Cabalistas e almas. A diferença está apenas no cumprimento de sua função terrena, isto é, na correção.

Na espiritualidade, pelo contrário, quanto piores são as condições em que estou, maior é a minha oportunidade de obter uma explosão maior e me corrigir. Como resultado, acontece que todos nós nos tornamos totalmente iguais, e ninguém pode ter nenhuma reivindicação ao Criador, por que Ele o fez assim.

Talvez isso reduza levemente qualquer gosto e competitividade, mas você se esquecerá disso porque, mesmo assim, examinará tudo através da estrutura terrena, das propriedades terrenas. Somente quando você entrar no mundo espiritual, isso lhe parecerá: “Por que não sou pior?” De fato, pelo fato de você se sentir pior do que o resto, você pode alcançar maior exaltação e dar maior prazer ao Criador.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 08/03/20

Comente