Conheça-se

laitman_278.02Pergunta: Hoje, durante o período de pandemia, uma pessoa se depara com uma pergunta séria. Ela se acostumou a correr, às vezes fugir de si mesma, e tem muito medo de parar, de enfrentar o medo e de se conhecer.

Agora é a hora perfeita para conhecer você e seus medos. O que você aconselharia a ele? O que é medo e como devemos lidar com isso?

Resposta: O medo é uma consequência do desconhecido. Caso contrário, de onde vem? Uma pessoa que entende a essência de um fenômeno, mesmo que seja algo terrível, tem uma atitude diferente.

O problema com a situação atual é que as pessoas não sabem o que está acontecendo com elas e por quê. Elas não sabem o que lhes acontecerá amanhã. Além disso, parece que esses problemas estão no ar e ninguém pode tocá-los ou resolvê-los de alguma forma.

Pergunta: Você acha que é necessário e importante que uma pessoa conheça seus medos?

Resposta: Eu acredito que cada um, para viver como um ser humano, precisa entender por que nasceu, por que este mundo foi criado, o que está além da morte, etc. Você deve revelar todas essas perguntas, caso contrário sua vida será inquieta e você não vai pensar nela.

Pergunta: Eu vejo dois tipos de pessoas: as que são obcecadas pelo medo e as que não levam o problema a sério. Onde fica o meio termo?

Resposta: Eu acho que não pode haver um meio termo aqui. Uma pessoa deve entender por que o vírus está se espalhando, como a afeta pessoalmente e todas as pessoas juntas, e por que isso nos foi dado pela natureza.

Isto é, podemos tirar proveito do estado atual, revelá-lo e descobrir para que estamos vivendo, por que a natureza está nos castigando dessa maneira, se o merecemos, e como se livrar do vírus.

Precisamos usar esse estado em sua totalidade. Especialmente porque todo mundo está sentado em casa e não sabe o que fazer a seguir: nem governantes, nem cidadãos comuns. Precisamos descobrir isso e temos essa oportunidade.

Devemos parar essa corrida sem fim e tentar entender por que existimos. Caso contrário, nossa vida é muito estúpida.

De KabTV, “Encontros com Cabalá: Victoria Bonya”, 29/03/20

Comente