Morte E Eu

Laitman_013.07Pergunta: Nossa mente se recusa a aceitar a inevitabilidade da morte. Quando alguém recebe informações que o associam à morte, algo lhe diz que esses dados não são confiáveis. Às vezes, podemos prever a morte de outras pessoas, mas quase sempre estaremos errados ao prever a nossa.

Os especialistas nos dizem que ignoramos inconscientemente os fatos e nos percebemos como alguém que terá uma existência longa, se não a eternidade. Por que nos sentimos assim?

Resposta: Porque nenhum ser vivo pode ou deve entender que é mortal. Tudo neste mundo deve nos impulsionar para a frente. Devemos criar, executar as coisas e deixar algo depois de nós.

Pergunta: Reconhecer a própria mortalidade, ter medo da morte, tem algum efeito sobre nós?

Resposta: O medo da morte é o medo da inexistência. Como posso imaginar um mundo onde não existo mais? Esta é uma terrível rejeição ao egoísmo.

O que é um mundo? Sou eu que existo, conheço o mundo, o entendo e sinto. Eu estou nele, no centro dele. Mas aqui, de repente eu desapareço.

O que resta no mundo? Só posso percebê-lo através dos meus sentidos. Se não existe um “eu”, esse é o fim de tudo. Nosso ego não pode conceber a noção de que o mundo pode existir sem ele.

A única solução é explicar às pessoas que o mundo é eterno, sem fim e perfeito. É completamente diferente da maneira como o percebemos. Para vê-lo de maneira diferente, temos que subir ao nível da qualidade de amor e doação.

Pergunta: Isso significa que vamos nos libertar e nos elevar acima do nosso egoísmo?

Resposta: Sim. Vamos vê-lo na qualidade oposta ao egoísmo.

O fato de termos sido criados com uma qualidade específica não deve nos limitar. Temos que ver o mundo de maneira diferente, multilateral. Poderemos então ver o mundo e a nós mesmos em algum tipo de conexão.

Pergunta: Você está dizendo que, se eu me elevar acima do meu egoísmo, alcançarei a qualidade de amor e doação e verei o mundo como eterno? Assim, eu me torno eterno também?

Resposta: Sim.

Pergunta: Então, a morte não existe?

Resposta: A morte não existe na qualidade de doação.

Pergunta: As pessoas passarão a se perceber como eternas?

Resposta: Sim, a ciência da Cabalá explica isso para nós. Só podemos fazer isso se tivermos o desejo por isso.

De KabTV, “Notícias com Dr. Michael Laitman”, 24/10/19

Comente