“Coronavírus: Uma Lição De Humildade” (Kabnet)

Kabnet publicou meu novo artigo: “Coronavírus: Uma Lição De Humildade

Esta não é a primeira vez que a humanidade enfrenta uma pandemia assustadora, mas o COVID-19 ou o coronavírus é sem dúvida um dos tipos. Nenhuma outra crise de saúde no passado passou por todo o mundo como um tsunami, deixando basicamente nenhum canto do planeta inalterado. A razão para isso é que nunca antes o mundo esteve tão interconectado e interdependente como agora. Um sistema tão fechado e emaranhado na natureza está nos ensinando que vamos sucumbir separadamente ou prosperar juntos. Esta é a forte lição que a crise do coronavírus está nos mostrando.

A Peste Negra, a SARS e a pandemia mais mortal até agora, a gripe espanhola, que matou cerca de 50 milhões de pessoas em todo o mundo em 1918, foram surtos generalizados de doenças que impactaram profundamente a humanidade. Mas nunca houve um golpe como o coronavírus, de alcance tão amplo e global, que agarra todos, transformando nossas vidas de cabeça para baixo em um piscar de olhos. As proibições de viagem que varreram o mundo imediatamente congelaram nossa obsessão com viagens ao redor do mundo, não importa para onde, contanto que pudéssemos escapar. Nossa perspectiva sobre o dinheiro também mudou desde a crise, fazendo-nos reavaliar nossas prioridades na vida. Nosso consumismo sem fim e a busca compulsiva por lazer repentinamente pararam e, muito provavelmente e felizmente, nunca mais voltarão ao que era. Precisamos nos adaptar a um novo estilo de vida, mais básico, resolvido e sábio.

A Guerra À Nossa Natureza

Além das pandemias, as guerras também deixaram a devastação para trás em várias partes do planeta, geração após geração. Anteriormente, o mundo se dividia em campos para combater seus conflitos: alemães e contra a Alemanha, russos e americanos, chineses e ocidentais, iranianos e israelenses. Agora, o mundo inteiro se tornou uma vila e o coronavírus provou exatamente isso. Em comparação com as anteriores, esta crise está afetando toda a humanidade sem fazer distinções de antecedentes, origem, crenças ou status na sociedade. Pessoas simples, funcionários do governo, cônjuges de líderes mundiais e celebridades – ninguém é imune ao contágio.

A situação está mostrando ao mundo inteiro como os seres humanos são fracos e vulneráveis ​​diante da natureza. É uma lição de humildade, quando sentimos anteriormente que a realidade estava ao nosso alcance para nosso próprio uso, e que tínhamos o direito de explorar qualquer coisa e tudo ao nosso redor sem considerar os outros.

Nada na natureza acontece por acaso. A situação atual oferece à humanidade uma nova direção e novas perspectivas, já que agora o problema não está direcionado a nenhum país, região ou líder específico, como era o caso no passado. Desta vez, estamos todos navegando nas águas turbulentas no mesmo barco, e precisamos reconhecer que o único inimigo a combater é a nossa natureza egoísta, a fonte de desequilíbrio do mundo. Os vírus e outros problemas do ecossistema são o resultado direto dos danos que os seres humanos infligem ao sistema da natureza por meio de comportamentos imprudentes e abusivos, tanto para o sistema quanto para outros. Na verdade, todos são partes integrantes do mesmo mundo, que funciona como uma enorme malha de engrenagens interconectadas.

Uma Cura Para A Humanidade

Não há proibição de gozo e prazer na vida. Nosso desejo de prazer é o tecido de nossa natureza e sua realização é precisamente o propósito da criação: fazer o bem e trazer satisfação às suas criações. A questão é: para qual propósito desfrutamos e, o que é mais importante, às custas de quê ou de quem?

Portanto, por mais doloroso e enervante que possa parecer a pandemia, o coronavírus pode realmente se tornar uma cura para os males da humanidade se aprendermos sua lição principal: o único anjo da morte é o ego humano e, até que subamos acima dele, nunca iremos desfrutar de uma boa vida. Foi-nos dado um despertar para mudar caminhos e nos conectar uns com os outros, para que juntos possamos liberar a força positiva da natureza que se revela através de nossos relacionamentos harmoniosos. Essa revelação que muda o mundo é um motivo de gratidão.

Comente