Por Que A Natureza Rejuvenesce Quando Os Seres Humanos Partem

Dr. Michael Laitman

Da Minha Página No Facebook Michael Laitman 18/02/20

Em 1986, o maior acidente nuclear do mundo ocorreu em Chernobyl. Fugindo de vastas quantidades de radiação, as pessoas partiram às pressas de suas casas. Hoje, depois de mais de 30 anos, a zona fechada de 30 quilômetros ao redor de Chernobyl é habitada por dezenas de espécies, muitas das quais não vivem nessa área há séculos.

O que este exemplo nos mostra é que a interferência humana é muito pior que a radiação. Por quê?

A sabedoria da Cabalá diz que os humanos têm um aspecto adicional ao resto da natureza: o ego humano, que é o desejo de desfrutar às custas dos outros.

Portanto, na medida em que avançamos, interferimos no sistema natural perfeitamente equilibrado com qualquer ação mínima, mesmo que não tenhamos consciência disso. Portanto, quando as pessoas partem, a natureza rejuvenesce.

Podemos alcançar uma harmonia semelhante à natureza na sociedade humana?

Definitivamente. Isto é o que temos que fazer. Como? Estudem o sentido interno da natureza, suas leis e tentem se tornar parte integrante dela, fluindo um para o outro. Quando alcançarmos tal unidade com a natureza, veremos que, de fato, tudo é simplesmente feliz.

Comente