Perceba A Dezena Como Um Lugar Onde O Criador Habita

laitman_962.1Não podemos alcançar equivalência de forma com o Criador, focando apenas Nele. O Criador é ilusório e inacessível à nossa percepção pessoal. No entanto, ajustando nossa percepção ao amor mútuo na dezena, nos direcionamos ao Criador.

O Criador está oculto; Ele existe apenas como uma impressão em nosso vaso espiritual, a dezena. A dezena cuida de trazer satisfação ao Criador por meio deles. Acontece que, a fim de trazer alegria aos meus amigos para que eu traga satisfação ao Criador, eu me elevo acima do meu egoísmo, da preocupação própria, e todo esse cuidado chega ao Criador. Cuidar dos amigos se transforma em um vaso (Kli), revestindo meus cuidados com o Criador.

O Criador está vestido com a minha preocupação pelos amigos, pela dezena. Não posso construir um relacionamento diretamente com Ele, mas se estou pronto para cuidar de meus amigos, o Criador se veste com esse cuidado. Acontece que tenho um trabalho prático que posso fazer e deixo que o Criador se vista nele.

Portanto, é dito: “Do amor aos seres criados, ao amor ao Criador”, e o amor ao Criador é realizado dentro do amor aos seres criados. Somente assim a comunicação com o Criador pode ser alcançada. 1

Meu objetivo é o Criador. Eu quero cuidar Dele assim como Ele cuida de mim. Mas não tenho nada a que me agarrar, porque não sei quem é o Criador, e posso começar a fantasiar sobre Ele, construir ídolos. Inicialmente, Abraão fez isso construindo ídolos. Mas depois ele viu que é impossível alcançar a revelação da força superior que governa toda a realidade dessa maneira.

Portanto, Abraão quebrou os ídolos e começou a ansiar pelo Criador, que não tinha mais uma estátua ou imagem, ninguém para se curvar. A roupagem na qual podemos imaginar ou formar o Criador é a dezena, o grupo. E assim, Abraão começou a reunir pessoas ao seu redor com chamadas: “Quem é o Criador, venham a mim!”, “Ame ao próximo como a si mesmo”, e “O amor cobre todos os crimes”.

A conexão das pessoas é aquele vaso dentro do qual o Criador é revelado. A conexão correta, quando todos se importam com os outros, é o único “ídolo” que podemos construir, para que o espírito superior que preenche o grupo, as dez Sefirot, entre nele. A dezena, tendo alcançado a conexão correta, se transformam na roupagem dentro da qual o Criador habita. Devo perceber a dezena como um lugar, um vaso no qual o espírito superior habita. 2

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 21/01/20, Doar Contentamento ao Criador
1 Minuto 16:20
2 Minuto 23:02

Comente