Peça Ao Criador Para Elevar Seus Amigos A Ele

laitman_263Como posso descobrir o que pedir ao Criador? Eu olho para os outros e escrevo no meu caderno todas as falhas que vejo nos meus amigos e depois exijo que o Criador corrija essas qualidades em mim, razão pela qual vejo tudo de cabeça para baixo.

Precisamos fazer esse exercício na dezena. Todo mundo escreve uma lista e aborda cada posição com uma oração, mesmo que várias vezes, orando por todas as falhas que vê em seus amigos. Eu peço ao Criador que me corrija para que eu veja a perfeição em vez de falhas.

Deve ser uma oração muito específica para cada falha que vejo em cada amigo, a fim de inverter minha visão e admirar a grandeza de meus amigos. Eu exalto os amigos e o Criador que fizeram uma correção em mim, permitindo-me ver a dezena como perfeita.

O que me resta fazer depois de ver todos como perfeitos? Agora devo tentar penetrar ainda mais em meus amigos, me apegar a eles, me anular diante deles, mergulhar neles, e então receberei todas as suas propriedades como as nove Sefirot superiores em relação a minha Malchut, meu desejo de receber. Estarei pronto para apoiá-los e ajudá-los de todas as formas possíveis, e assim me aproximarei da construção de um Partzuf espiritual. 1

Parar de ver falhas no meu amigo é a primeira correção que eu começo se quero progredir. Afinal, isso é da maior preocupação para mim agora. Uma falha é tudo o que interfere em nossa união e impede que eu veja a grandeza do amigo. A grandeza do amigo é que ele está conectado com todos os outros amigos e com o Criador, e, portanto, eu quero estar em conexão com ele.

Se eu corrigir minha opinião para não ver falhas nos meus amigos, vou me ater a todos os nove, estarei pronto para apoiá-los, ou seja, para trabalhar como Malchut em relação às nove Sefirot superiores. Vou orar por eles, fazer de tudo para servi-los. Sentirei que até que eu os preenche, eles serão incapazes de realizar uma ação espiritual. Portanto, volto-me ao Criador e peço ajuda. A dezena agora se torna ainda mais importante para mim do que o Criador e, é claro, mais importante que eu.

Tudo o que peço é que me deixe preenchê-los em benefício deles. Eu peço ao Criador: “Diga-me, o que posso fazer para que pareçam perfeitas diante de Ti?” Isso significa que eu me anulo e elevo meus amigos ao nível do Criador. Este já é um estado espiritual.

Eu vejo que os amigos na dezena se entendem e se apoiam. Mas eu pareço ficar de fora e nem entendo do que eles estão falando, não sinto gosto pela conexão que os atrai tanto, em ajuda mútua. Estou impressionado com a forma como eles conseguem se sentir tão próximos um do outro, uma conexão da qual sou incapaz. Portanto, peço ajuda ao Criador, percebendo que eu mesmo nunca alcançarei isso. Vejo que os amigos têm poderes espirituais porque podem se relacionar dessa maneira. Claramente, essas não são forças deste mundo, mas forças espirituais que eles receberam do estudo, das lições e da disseminação.

Mas eu não recebi tanta força, então o que devo fazer? Eu não quero ficar para trás. Antes de tudo, eu atraso meus amigos, tornando-se um fardo para a dezena. Por isso, eu oro ao Criador para me dar forças para ser incluído em meus amigos, me anular diante deles, me curvar e me transformar em pó sob seus pés.

No começo, antes de começar a trabalhar na correção, meus amigos pareciam insignificantes e idiotas para mim. Eu automaticamente criticava todos ou pelo menos era indiferente a eles. Não sentia que todos estivessem dentro do meu coração como uma imagem espiritual especial, uma Sefira.

Gradualmente, minha visão do mundo espiritual começa a percorrer meus amigos. Quando falamos de espiritualidade, não penso mais no Criador, mas neles. Os amigos estão diante de mim como nove divindades, ídolos. Ainda não sei como trabalhar com eles, mas já vejo que a espiritualidade é alcançada através deles, pela forma como, juntamente com meus amigos, construo minha imagem espiritual. Atualmente, eles obscurecem a espiritualidade de mim, mas estão a caminho de lá, apontando-me na direção certa. E isso já é progresso. 2

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá, 01/02/20, Preparação para a Convenção
1 Minuto 62:00
2 Minuto 1:14:00

Comente