Justifique As Ações Do Criador

laitman_237Baal HaSulam, Shamati, Artigo 34, “O Lucro de uma Terra”: No entanto, devemos saber que nesse estado, quando eles não podem dizer que o Criador transmite apenas o bem, são considerados maus, porque o sofrimento os condena ao Criador.

O Criador nunca nos envia sofrimento. Nós percebemos essas sensações como tais apenas porque não estamos adequadamente preparados para elas.

Em princípio, como é dito, uma pessoa deve abençoar o Criador, tanto para o bem quanto para o mal, porque tudo de ruim que sentimos é necessário apenas para desenvolver em nós a sensação da boa realização que está por vir.

Não há transgressões e sofrimentos. Todos são posteriormente preenchidos de prazer. Portanto, precisamos nos preparar corretamente e com antecedência para o sofrimento e o prazer. Teremos então a revelação contínua do Criador em gozo e prazer.

Somente quando eles veem que o Criador lhes dá prazer é que justificam o Criador. É como nossos sábios disseram: “Quem é justo? Aquele que justifica seu Criador”, ou seja, alguém que diz que o Criador lidera o mundo de maneira justa.

Justo é a pessoa que pode justificar as ações do Criador em qualquer estado. Ela corrigiu seus desejos a tal ponto que não pode sentir nada de ruim neles, mesmo que o Criador possa aparentemente lhe enviar sentimentos negativos.

Mas ela está tão conectada ao Criador que percebe todos os sentimentos que vêm dessa fonte como positivos. Ela cobre seus sentimentos com a compreensão de quem os recebe e, portanto, tudo é uma alegria para ela. Ela pode desfrutar de qualquer sinal do Criador.

Pergunta: Ela sente sofrimento?

Resposta: Não, ela não sente isso porque seu sofrimento é coberto pela sensação do Criador como doador.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 22/12/19

Comente