Vida E Morte, Parte 6

laitman_293O Que Resta De Uma Pessoa Após A Morte?

Pergunta: Por que as pessoas não vivem por um número maior de anos ou indefinidamente? Por que mudar de corpo?

Resposta: Se vivêssemos até mil anos, ainda estaríamos com pressa de fazer algo porque a vida seria finita. Por outro lado, se vivêssemos indefinidamente, não sentiríamos que estamos sujeitos a quaisquer forças, aos limites do tempo.

Suponha que existimos como um organismo que apenas vive, sem começo nem fim. Não podemos nem imaginar tal estado, porque tudo é medido: existência – ausência, existência – ausência; isto é, a cada segundo algo nasce e algo morre. A morte é afortunada porque nos leva a entender a vida.

Pergunta: O que resta de uma pessoa que viveu um certo número de anos?

Resposta: A informação sensorial está no coração e na mente. A medida em que uma pessoa avançou em relação aos outros, até que ponto trouxe uma aproximação entre si e os outros, a fim de aproximar todos do Criador. Isso é o que resta de uma pessoa.

Somente isso permanece qualitativamente, porque a conexão é o propósito da criação.

O propósito da criação é conectar a humanidade em um único todo. Não em um pedaço de carne, mas em um único desejo, que consiste em muitos desejos diferentes, mas todos são direcionados para que ajudem a se conectar.

Pergunta: Isto é, todos estão conectados em um desejo de revelar o Criador?

Resposta: Sim.

Pergunta: Então, se uma pessoa faz isso durante sua vida, seus esforços, experiências e sentimentos permanecem e seguem em frente?

Resposta: Tudo isso permanece.

Pergunta: Mesmo se uma pessoa já está fazendo isso, mas não alcançou a meta, por que ela precisa morrer e nascer de novo em um corpo diferente?

Resposta: Não depende da pessoa, mas das condições gerais da humanidade.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá” da KabTV, 14/01/19

Comente