“O Que Faz Com Que Alguns Judeus Enfrentem A Pobreza Em Israel?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:O Que Faz Com Que Alguns Judeus Enfrentem A Pobreza Em Israel?

Quando os cidadãos do país não fazem nenhum esforço para lutar por uma sensação calorosa e familiar, deixam desenvolver uma atmosfera de alta tensão que sufoca seus cidadãos de um dia para o outro. Tais relações dão origem a um país com grande riqueza e pobreza extrema.

A Causa da Pobreza: Não Se Sentir Membro De Uma Única Família

O Estado “país rico e cidadãos pobres” de Israel é maior do que apenas uma situação econômica e, portanto, não pode ser resolvido apenas no nível econômico. Requer a implementação de programas enriquecedores de conexão por meio de seus sistemas de educação e mídia, explicando regularmente como todos os cidadãos israelenses são membros de uma única família e que visa transmitir uma sensação de família entre todos.

Pode parecer uma ideia socialista, mas não é. Vimos esses exemplos na história e todos falharam. O motivo foi porque eles não levaram em consideração as leis da natureza.

As leis da natureza são leis integrais de interconectividade e interdependência. Elas nos guiam para mais e mais conexões e, em nossos tempos, as conexões que precisamos formar estão no nível de nossas atitudes mútuas: que desenvolvemos um sentimento em relação a estranhos como se fossem membros de nossa própria família. Ao alinhar nossas atitudes mútuas de acordo, garantimos a nós mesmos um futuro harmonioso.

Duas Etapas Para Resolver A Pobreza: Discordar Da Divisão E Promover A Conexão

O primeiro passo em direção a uma mudança de atitude de um para o outro é discordar da nossa separação atual. A divisão social é a principal causa da pobreza, e nossa discordância com essa situação abre espaço para um novo desejo aparecer: o desejo de mudar nossos relacionamentos, para que nos sintamos conectados como membros de uma única família.

Ao ativar e incentivar o desejo de que a conexão familiar se espalhe entre a sociedade por meios educacionais e promocionais, começaríamos a ver o desaparecimento de nosso afastamento emocional e, igualmente, de seus sintomas de pobreza.

A Explicação Cabalística De Por Que Há Um Fosso Crescente Entre Ricos E Pobres

De acordo com a sabedoria da Cabalá, o estado de desequilíbrio entre ricos e pobres ocorre devido a um desequilíbrio entre Ohr Hochma (luz da sabedoria) e Ohr Hassadim (luz da misericórdia), ou seja, quando há muita Ohr Hochma e apenas um pouco de Ohr Hassadim.

Quais são essas duas luzes em relação a esta situação atual? Ohr Hochma significa abundância e riqueza espiritual, enquanto Ohr Hassadim expressa o desejo de dar essa abundância e riqueza. Ohr Hassadim é uma condição que impede o desejo de continuar recebendo cada vez mais em benefício pessoal, desequilibrando nossos sistemas. Em outras palavras, Ohr Hassadim pode ser pensada como um dispositivo regulador que aquece o coração, que se torna continuamente mais frio em um invólucro do egoísmo sem esse condicionamento. Portanto, quando aplicamos Ohr Hassadim em nosso desejo instintivo de devorar tudo para o benefício próprio, construímos um novo sentido, uma ferramenta que nos dá a capacidade de receber Ohr Hochma de maneira equilibrada. Dessa forma, podemos ter um país onde todos os cidadãos experimentam abundância e riqueza espirituais. Sem esse órgão regulador, seguimos continuamente em uma direção egoísta e testemunhamos a situação de “país rico e cidadãos pobres” em que estamos hoje.

Além disso, sem a Ohr Hassadim reguladora, que visa dar a abundância a outros na sociedade, não apenas os cidadãos pobres se sentem como deficientes, mas também os ricos sentem uma falta constante. Mais riqueza nunca é percebida como riqueza suficiente e, assim, eles buscam continuamente como se realizar cada vez mais. É assim que a pressão de Ohr Hochma é sentida. Quando pretendemos receber apenas para o benefício próprio, os prazeres que recebemos acabam encontrando um espaço vazio dentro de nós, como um buraco negro que extingue qualquer prazer pretendido que absorvemos.

Portanto, se temos um pouco ou muito depende ou não de nossas atitudes.

A Abundância Chega A Todos Quando A Sociedade Se Torna Uma Única Família

Podemos organizar nossos relacionamentos para criar uma abundância que preenche o espaço entre nós. Quando nos abrimos para os outros, nos tornamos condutores dessa abundância, como engrenagens e nós em uma rede que passa sinais uns para os outros, e nossa vida se torna rica e diversificada.

Portanto, quanto mais a ideia de nossa necessidade de nos conectarmos como uma família única se espalhar entre a sociedade, tanto ricos quanto pobres, mais descobriremos que há muito para todos.

Comente