Construindo A Sociedade Do Futuro, Parte 2

712.03Responsabilidade De Uma Pessoa

Baal HaSulam, “Construindo a Sociedade do Futuro”: O preceito da recepção requer apenas pouca consideração, pois a punição é dada instantaneamente. Assim, nunca o negligenciaremos. No entanto, a punição pelo segundo preceito, a doação à sociedade, não é coletada instantaneamente. Antes, chega até nós indiretamente.

Pergunta: A sociedade não exige que doemos; portanto, não cumprimos a lei de doação à sociedade. A natureza nos pune por isso. Mas como a punição não ocorre imediatamente, não cumprimos esta lei.

Por que a lei está implícita? Se eu visse claramente que não dei à sociedade e que a sociedade ou a natureza me puniriam imediatamente, agiria de maneira diferente.

Resposta: Você seria um animal, não um ser humano. A diferença entre um ser humano e um animal é que o animal está completamente sujeito às leis da natureza. Não tem liberdade de escolha entre cumpri-las ou não. Um animal faz tudo instintivamente, sob a dura influência da natureza, sem fazer perguntas.

Os seres humanos, pelo contrário, possuem o livre arbítrio para cumprir as leis da natureza ou não. No entanto, o problema é que uma pessoa foi criada de tal forma que não deseja cumprir as leis da natureza.

A natureza, o Criador, quer que uma pessoa se desenvolva ao ponto de entender que é sua obrigação cumprir as leis da natureza. Nem mesmo pelo seu bem, mas pelo bem dos outros, para que a pessoa se torne igual à natureza, que dá, preenche, gera e desenvolve.

De KabTV, “Fundamentos da Cabalá”, 07/02/19

Comente