Como A Conexão Entre Judeus Beneficia A Humanidade – Conversa Com Richard S. Hirschhaut

Richard S. Hirschhaut, diretor do Comitê Judaico Americano (AJC) em Los Angeles, encontra o Cabalista Dr. Michael Laitman para discutir os benefícios decorrentes da unidade entre judeus.

Existe uma lei geral da natureza que atrai as pessoas para uma conexão cada vez mais ampla. Hoje, podemos observá-la na tendência global de total interdependência entre todos os domínios do engajamento humano. No entanto, também podemos ver que as relações entre as pessoas se tornaram muito difíceis e, ao contrário do grande sistema, pequenos elementos desse sistema têm um senso interno de independência pessoal.

Um problema menor, mas muito semelhante, apareceu 3.800 anos atrás na antiga Mesopotâmia. Foi uma profunda crise do relacionamento humano, conhecida como a Torre de Babel. No topo dessa crise, Abraão reuniu um grupo vindo dos representantes das nações da antiga Babilônia e os chamou de povo de Israel (“dirigido à força unificadora da natureza”). As especificidades desse grupo eram a capacidade de se conectar conscientemente acima das crescentes rejeições.

Desde a história, sabemos que os judeus se dispersaram e se exilaram, e agora eles se conectam apenas quando há uma pressão externa sobre eles manifestada no antissemitismo e no ódio. No entanto, se hoje, o povo judeu implementar o método de conexão que eles receberam de Abraão, os judeus e o mundo inteiro se beneficiarão com isso, e a humanidade terá a chance de sair da crise com alegria e felicidade

Comente