A Combinação De Opostos

627.2Dois opostos em um tema – este é o ponto principal que determina a entrada no mundo superior, na dimensão espiritual, isto é, no espaço onde o Criador é a fonte de duas forças. Com relação a nós, elas são reveladas como a força do mal e a força do bem, Klipa e santidade, doação e recepção, duas forças opostas. No entanto, o Criador não tem contradição e tudo está conectado em um.

É apenas com relação a nós, nosso senso e entendimento, que isso se manifesta como duas forças que se contradizem. Quanto mais começamos a aprender sobre a criação, maior a distância e o conflito que vemos entre elas. Portanto, não podemos perceber a espiritualidade, como está escrito: “Porque em Isaque vos será chamada uma semente, e ali o oferecereis em holocausto”. Uma coisa contradiz a outra: por um lado, você tem ordem para matá-lo e, por outro lado, ele deve ser a continuação do seu caminho.

Como isso é possível? Não entendemos isso com nossas mentes, e devemos adquirir a mente do alto. Se mantivermos esses princípios, atraímos a Luz que Reforma, que constrói uma nova realidade para nós. Neste novo espaço que estamos revelando, chamado linha do meio, essas duas linhas opostas podem coexistir juntas, como um todo, completando uma à outra.

É muito difícil, quase impossível de perceber. Deve haver uma sociedade e a Luz que Reforma de cima que conectará as duas linhas à linha do meio. A linha do meio é o Criador. A revelação do Criador, ou a conexão de duas linhas opostas, nos leva gradualmente ao propósito da criação, ao fim da correção. Passo a passo, esses opostos crescem e se conectam cada vez mais. Este é todo o nosso trabalho.

Já fizemos uma preparação suficiente ao longo de muitos anos e reunimos muitas pessoas capazes de dar esse passo. O resto se tornará capaz disso agarrando-se àqueles que já passaram pela preparação correta. É como em nosso mundo, as crianças nascidas hoje no século XXI juntam-se a todo o progresso alcançado antes e vão adiante de todas as gerações passadas porque se apegaram aos pais e receberam deles tudo o que têm.

É assim também em um grupo Cabalístico, não importa quem é mais ou menos avançado. Se todos tentarem alcançar a meta de acordo com a força e a preparação de todos, eles a alcançarão.

Eu espero que vocês tenham uma atitude séria em relação a esse tópico, porque na sabedoria da Cabalá, no trabalho espiritual, na conquista do Criador, na realidade superior e na perfeição da natureza, não há nada mais importante que esse princípio da conexão de duas linhas. Essa combinação de opostos é o espaço espiritual que é revelado a uma pessoa. Quando ela entra, ela começa a sentir o próximo mundo. Não há dúvida de que, trabalhando juntos, podemos avançar e alcançar tudo isso, atraindo todos a este nível, isto é, ao início da verdadeira escada espiritual.

A partir deste momento, continuamos sempre em três linhas, na fé acima da razão. Então toda a Torá e o mundo inteiro se tornam claros para nós. Toda a realidade começa a ganhar perspectiva, dividindo-se em três linhas e revelando sua interação. Afinal, agora não sabemos de onde vêm os sinais de mais e menos e para onde eles nos levam. No entanto, se soubermos amarrar corretamente os opostos acima de nosso mundo e nossa mente terrena com os sentidos e a mente espirituais, alcançaremos uma revelação ilimitada, entenderemos como o Criador está operando, o que Ele faz e o que precisamos fazer para nos tornarmos semelhantes a Ele, tornando-nos “como Deus, conhecendo o bem e o mal”. 1

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 23/12/19, “Dois Opostos em um Tema”

1 Minuto 0:20

Comente