Por Que A Unidade Judaica É Fatal Para A Humanidade? – Conversa Com Shaul Magid


Shaul Magid, Distinguished Fellow em Estudos Judaicos no Dartmouth College, encontra o Cabalista Dr. Michael Laitman para discutir o antissemitismo e como o estabelecimento da unidade entre os judeus pode impedi-lo.

Vivemos em uma realidade destruída. Cada menor parte inteligente da sociedade, chamada humana, vive apenas para o benefício pessoal e não tem oportunidade de realmente entender ou mudar alguma coisa.

A alegação subconsciente das nações do mundo sobre os judeus é que seus infortúnios e sofrimentos na vida são causados ​​por judeus. A Cabalá explica essa sensação como um fenômeno natural.

Desde o nascimento do povo judeu, sob a orientação de Abraão, 3.800 anos atrás, os judeus adotam o método de construir conexões positivas acima do ego humano. Este método os transformou em uma entidade e lhes deu um nome – “judeus” (de “Yihud” – “unidos”).

Hoje, nós enfrentamos uma crise global e, como o mundo se torna cada vez mais interconectado, essa crise tocará cada área da existência humana. A única maneira de evitá-la é corrigir as relações humanas. Desse ponto em diante, há a necessidade no método de conexão de Abraão, e as nações do mundo, subconscientemente, já exigiam dos judeus que o implementassem e compartilhassem com todos.

Portanto, o povo judeu deve se reunir. Isto é uma necessidade. Se fizerem isso, o mundo inteiro seguirá o exemplo; se não – uma nova onda de antissemitismo os alcançará.

Comente