70 Nações Do Mundo: Interpretação Espiritual E Histórica

laitman_600.04Pergunta: Na Cabalá, existe o conceito de 70 nações do mundo. De onde vem o número “70”?

Resposta: Vem do fato de que as raízes espirituais formam consequências correspondentes em nosso mundo. Zeir Anpin é composto por sete Sefirot e cada Sefira de dez, totalizando 70.

Pergunta: Os Cabalistas escreveram que nossos desejos, do ponto de vista espiritual, são divididos em 70 nações. Mas se começarmos a estudar historicamente, poderia ser diferente, não necessariamente 70?

Resposta: Não. Josephus Flavius confirma isso; afinal, ele é considerado um grande historiador.

Ele foi capturado pelos romanos e partiu com eles da Judéia subjugada e destruída. Em Roma, um enorme instituto foi criado para ele, onde centenas de pessoas trabalhavam sob sua supervisão para que ele pudesse escrever seus tratados. Portanto, não podemos dizer que esses fatos são falsos ou, de alguma forma, absurdos.

Pergunta: Como os Cabalistas se relacionam com os tratados dele?

Resposta: Eles não são particularmente relevantes porque ele não escreveu sobre condições espirituais. Ele descreveu o que aconteceu em nosso mundo como consequência. Mas, ainda assim, seu livro começa com as palavras: “No princípio, o Senhor criou o céu e a terra …” e assim por diante, conforme descrito na Torá.

Pergunta: Como Cabalista, você pode confirmar que as consequências que ele descreveu em nosso mundo correspondem claramente às leis espirituais que você conhece do mundo espiritual?

Resposta: Claro. Ele descreveu tudo com precisão.

Pergunta: Os historiadores não podem distorcer as coisas?

Resposta: Ele não estava naquele nível, e os romanos também. Eles apenas tiveram que gravar tudo para as gerações futuras, e o fizeram. Aos olhos dos romanos, ele os glorificou para sempre. É por isso que essas condições foram criadas para ele, e ele foi capaz de descrever tudo.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 28/01/19

Comente