Mundo – Realidade Ou Ilusão? Parte 1

laitman_526Sem Limite Para A Percepção

Observação: Uma pessoa pode estudar para sempre o artigo “A Essência da Sabedoria da Cabalá”. Tenho lido ele por 20 anos e ainda sempre encontro algo novo nele.

Meu Comentário: A necessidade de um começo é sentida mais no final. Qualquer ciência real desenvolve uma pessoa para que ela precise estudá-la repetidamente.

Observação: Digamos que O Estudo das Dez Sefirot estuda a física dos mundos espirituais e toda vez você parece descobri-lo novamente. No entanto, “A Essência da Sabedoria da Cabalá” parece um artigo comum que pode ser tratado de forma leve, e de repente você descobre tais profundidades dentro dele.

Meu Comentário: Não é por causa do artigo, mas porque ele expande os limites de sua percepção e atitude em relação ao mundo. Os quatro primeiros tópicos deste artigo são “Uma conduta geral e particular”, “A abundância de Partzufim, Sefirot e mundos”, “Duas condutas – de cima para baixo e de baixo para cima” e “Nomes abstratos” na sabedoria da Cabalá. Eles falam sobre muitos conceitos que são muito complexos e sérios.

Quando você chega ao quinto ou sexto conceito, começa a entender que, de fato, ainda não entende os primeiros. Você leu, concordou com eles e seguiu em frente. E agora você vê o quão abrangente eles são internamente e você volta a eles. Não há como contornar isso, você precisa fazer algo a respeito. Então você os estuda novamente.

Quantas vezes examinamos todos os artigos do Baal HaSulam? Aqueles que leem “A Essência da Sabedoria da Cabalá” pela primeira vez hoje não conseguem nem imaginar o que mais verão nele depois de passarem pela segunda e terceira vez, ou em um ano ou em 10 anos.

Por exemplo, eu tenho estudado a sabedoria da Cabalá há 40 anos e não consigo nem comparar o que havia imaginado sobre esses conceitos antes e hoje. O atual eu e a pessoa que abriu este artigo há 40 anos são pessoas completamente diferentes.

Pergunta: Isso significa que na Cabalá não existe algo como no nosso mundo: “Eu já li isso”?

Resposta: Não existe tal coisa na Cabalá. Em nada! Você entra nessa sabedoria e mergulha nela sem a capacidade de terminá-la.

Ela fala sobre um mundo tão redondo e interconectado que você pode puxar uma corda e toda a realidade mudará para você. Toda nova definição, toda nova sensação e nova conquista muda tudo porque existem apenas dez Sefirot, mas cada uma delas consiste em outras dez e outras dez; acontece que não há limite para a percepção.

O mundo é infinito, embora consista em apenas dez partes, dez emanações.

De KabTV, “Fundamentos da Cabalá”, 15/09/19

Comente