Todo Mundo Julga De Acordo Com Sua Corrupção

laitman_528.01Pergunta: Existe uma regra no grupo Cabalístico: todo mundo é perfeito, exceto eu. Isso procede do que foi dito no Talmude que todos julgam de acordo com sua corrupção?

Devo me preparar com antecedência para que, se vejo qualidades negativas em meus amigos, devo entender que elas estão em mim? Mas isso é bem estranho; é contra a nossa natureza!

Resposta: É contra a nossa natureza até atrairmos a luz superior, que nos sintoniza.

Em outras palavras, tenho que, com a ajuda da luz superior, alcançar um estado em que sentirei que tudo que vejo negativo fora de mim é apenas uma demonstração de minhas próprias qualidades corrompidas que preciso corrigir, à medida que se revelam gradualmente mim. De fato, ainda existem milhões de propriedades repulsivas em mim, mas apenas as que posso corrigir agora são mostradas para mim.

Pergunta: Mas como isso acontece? Afinal, eu vejo que não posso fazer isso!

Resposta: Isso é bom.

De importância primordial na Cabalá são as contradições reveladas entre uma pessoa e seu egoísmo, isto é, entre a linha direita e esquerda, entre o que é real e o que é desejado. Quando vejo no outro o que é desagradável para mim, devo entender que julgo isso apenas de acordo com a minha corrupção.

É por isso que devo pensar, pedir e orar pela minha correção.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 25/12/18

Comente